Veja como fica nosso organismo quando deixamos de beber cerveja.


Hoje em dia, encontrar alguém que não goste de cerveja é quase raro. A bebida faz parte da história de diferentes culturas. Acredita-se que tenha se originado de povos antigos na Ásia, por volta de 6000 a.c.


No Brasil, foi trazido pelos holandeses em 1654. Mas foi só em 1808, quando a família real portuguesa se mudou para território brasileiro, que a bebida se tornou comum. A primeira fábrica de bebidas foi fundada no Brasil em 1853 pelo alemão Kramer, que fundou a Boêmia, após a qual a Brahma foi fundada em 1888 e depois pela Antártica em 1889.


Ao longo da história, o mercado de cerveja passou por muitas crises, e novas marcas surgiram até chegarmos ao cenário em que vivemos, com muitas grandes empresas e pequenos produtores.


Existem muitas marcas de cerveja que atendem aos mais diversos sabores. Há estudos que sugerem que a bebida produz bons efeitos no corpo.


No entanto, o fato é que essa paixão nacional tem suas desvantagens lá, e por conter álcool e por seu consumo tem se tornado cada vez mais frequente nas mesas de bar, assim como nos lares brasileiros, isso pode aumentar o risco de problemas de saúde, dependência química, cirrose e dificuldades cognitivas, além de menor expectativa de vida.


Se você é fã de cerveja e acha que está exagerando na dose, você precisa saber o que acontece em seu corpo quando você parar de beber cerveja.


Isso é o que acontece em nosso sistema quando paramos de beber cerveja.


O excesso de bebida acaba sendo prejudicial por causa de suas concentrações de carboidratos e álcool, substância que muda a função cognitiva. Veja outras melhorias no corpo ao consumir frenagem.


Melhora a qualidade do sono


O álcool não é uma substância adequada para o consumo antes de dormir. Frank Lippman, diretor médico do The Well, adverte que beber apenas duas bebidas pouco antes de dormir pode causar distúrbio do sono que dura até 24 horas. Como a cerveja é uma bebida que as pessoas costumam beber muito mais do que bebidas, seus efeitos certamente serão muito mais fortes.


Desintoxicação do fígado


Ao beber muito álcool naturalmente ocorre sobrecarga na função hepática, se houver uma diminuição no consumo o membro poderá desempenhar melhor suas funções, como metabolismo de gordura e desintoxicação.


Menos inchaço na barriga


A bebida é rica em carboidratos e compostos fermentados que fazem com que o estômago fique mais inchado, sem falar do excesso de peso com o consumo de bebidas e aumento do apetite causado pelo álcool. Quando há uma interrupção temporária no consumo, isso vai gerar conforto para as atividades digestivas, é possível observar o desinchar abdominal e outras melhorias relacionadas à diminuição do processo inflamatório no corpo.


Então você não precisa parar de beber sua cerveja, mas você deve prestar muita atenção nos horários e nas quantidades comidas. Beber deve ser sempre moderado, memorável!

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem