Saiba mais sobre o auxílio de R$ 1.800 que foi aprovado para esse estado; veja quem pode receber


Nos últimos anos, os muitos auxílios que têm sido concedidos a grande parte da população brasileira estão ajudando muito com todos os problemas econômicos e de desemprego que surgiram, especialmente desde a pandemia COVID-19.


O auxílio emergencial foi um deles, pois ajudou a maioria dos brasileiros quando o vírus estava no auge e foi necessária uma longa quarentena, o que fez com que muitas empresas fechassem. Tudo isso resultou na paralisação de muitas pessoas.


Alguns novos benefícios também surgiram ao longo do tempo, assim como alguns antigos foram modificados e adaptados para melhor atender às necessidades daqueles que hoje passam por dificuldades financeiras.


Atualmente existem alguns que ainda estão sendo pagos ao mesmo tempo em que novos benefícios estão surgindo, como o vale do gás e o novo auxílio emergencial que foi aprovado pela Câmara de Comércio de Camaragibe em Pernambuco, especialmente para atender alguns cidadãos.


O valor desse novo auxílio é de R$ 1.800 e será pago em três parcelas de R$ 600 a todos aqueles que atenderem aos requisitos estipulados.


A medida foi criada para atender os licenciados do mercado público de Camaragibe que tiveram vários de seus bens queimados e totalmente perdidos por causa de um incêndio ocorrido em 25 de maio.


Quem receberá o auxílio de R$ 1.800?

Em média, cerca de 200 permissionários podem receber o auxílio de R$ 1.800, todos os quais devem ter cadastro prévio através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico para isso.

 

O valor total de R$ 1.800 será pago no prazo de três meses, para que tenham acesso a uma parcela de R$ 600 por mês.


Cerca de R$ 360 mil serão investidos pela prefeitura para poder iniciar os pagamentos para todos os indivíduos que se enquadrarem nos critérios de recebimento.


Além disso, o município de Camaragibe também oferecerá um local temporário para que todos os comerciantes possam voltar ao trabalho e comercializar seus bens.


Essa atitude da cidade serve para garantir que os trabalhadores não sejam mais afetados do que já foram e que possam reconstruir seus negócios, bem como garantir que eles continuem tendo uma renda mensal.


E essas não são as únicas medidas que a cidade de Camaragibe tomou para apoiar os comerciantes que foram afetados pelo incêndio. Propostas de crédito também serão oferecidas em parceria com algumas instituições.


Esses créditos terão taxas de juros muito mais baixas do que as taxas normais de juros, mais um período de carência muito maior do que o habitual, a fim de permitir que os trabalhadores paguem sem serem mais prejudicados financeiramente.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem