Será que todos os animais dormem e sonham? O que acontece durante o sono?

 

Imagem: Reprodução/Google

Assim como a morte é uma realidade para todos nós, o sono também faz parte da vida cotidiana dos mamíferos. Alguns dormem mais, outros menos, mas ninguém pode sobreviver sem um descanso diário. Afinal, é neste momento que o corpo recupera suas energias, mantendo o cérebro sempre ativo. Mas todos os animais dormem? Para o pesquisador do Imperial College London Franks, "tudo depende do que você quer dizer com o sono". 


Como comprovado por inúmeros eletroencefalogramas (EEG), todos os mamíferos dormem, mas ainda há uma incógnita em relação aos animais onde essa medida é impossível, como no caso das moscas. Além disso, segundo o pesquisador, ainda falta informação para provar para que melhor o sono é, especialmente em espécies diferentes da nossa.


"Sabemos que o sono em humanos é essencial, que deve manter o cérebro saudável e que não pode ser feito enquanto estamos conscientes. Mas isso pode não ser o mesmo para uma mosca, cujo cérebro é uma estrutura mais passiva", explica Franks: "O benefício que uma mosca recebe do sono pode ser muito diferente dos benefícios que recebemos".


Ritmos circadianos


Embora todos os animais sigam ritmos circadianos através da regulação do organismo entre o dia e a noite, o pesquisador quer saber se todos realmente dormem como humanos.


Como a consciência, pode ser difícil saber se todos os animais dormem – e se realizam tal tarefa da mesma forma que nós.


Gato dormindo


Embora todos os mamíferos durmam, os pesquisadores querem entender se as outras espécies também precisam descansar em um determinado ponto do dia. Imagem: Shutterstock

Na pesquisa, Franks e sua equipe investigaram os mecanismos regulatórios subjacentes do sono. Para isso, eles examinaram a atividade cerebral dos ratos para tentar descobrir mais sobre os fenômenos ao nível dos circuitos cerebrais. 


Segundo o cientista, o estudo contribuiu para expandir o conhecimento sobre quais regiões do cérebro estão envolvidas na regulação do sono. 


"Os neurônios relacionados ao sono não são encontrados apenas em áreas comumente associadas, como o hipotálamo ou tronco cerebral, mas estão espalhados pelo cérebro", disseram os pesquisadores.
 


Ao entender esses circuitos, os cientistas esperam entender melhor as relações entre o mau funcionamento do sono e condições como a demência.


Contando carneirinhos.


Para que os humanos tenham uma noite de sono melhor, Franks sugere um banho quente antes de dormir e baixa exposição à luz, sempre lembrando de receber luz suficiente ao longo do dia, com o objetivo de melhorar os ritmos circadianos. 


Agora, para ter certeza de que todos os animais dormem, será uma tarefa de longas horas de estudos adicionais e com menos sono para os pesquisadores finalmente chegar a uma conclusão plausível. 


Rua: PHYS

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem