Muito Cuidado! Se você toma pílulas para dormir precisa ficar atento a estes fatores de riscos

Imagem: Reprodução/Google


Remédios para dormir são usados por muitas pessoas que precisam e também por aqueles que só querem uma boa noite de sono. Há também relatos de passageiros de companhias aéreas tomando as pílulas controladas para contornar o medo de alturas ou viagens, por exemplo. O problema é que essas substâncias podem causar danos à saúde e até levar à morte.


Primeiro, entenda que existem pacientes com distúrbios do sono ou distúrbios psicológicos que precisam fazer uso de medicamentos. No entanto, isso só acontece com controle médico e prescrição, para garantir a segurança do paciente. Ainda assim, algumas pessoas correm o risco de tomar seus comprimidos para dormir aleatoriamente e arbitrariamente.


Pílulas para dormir podem matar pessoas incontáveis


Nos Estados Unidos da América, o uso de remédios para dormir causou até meio milhão de "mortes em excesso". É o que um estudo de 2010 demonstra, o que significa que o número atual pode ser ainda maior. As drogas analisadas foram zolpidem e temazepan.


Ambas as substâncias deixam o cérebro "atordoado" e comprometem a relação entre o sistema motor e o cognitivo. É por isso que é normal as pessoas medicadas agirem estranhamente, como se fossem sonâmbulas.


O problema é que alguns motoristas tomam o medicamento antes de dirigir, por exemplo. Ainda há pessoas que se misturam com bebidas alcoólicas ou correm o risco de overdose para ter "mais efeito". Todas essas situações aumentam o risco de morrer quatro vezes mais.


Como evitar os riscos de remédios para dormir?


Os médicos são unânimes em dizer que o uso desses medicamentos só ocorre após outras tentativas de tratamento mal sucedidas. Em outras palavras, as drogas se tornam a última opção para combater a insônia e outros problemas. Ainda assim, as causas da dificuldade do sono precisam ser encontradas para remover os comprimidos para dormir da pessoa.


Portanto, a melhor maneira de evitar riscos é procurar examinar as causas que fazem com que você perca o sono. Veja o que pode ser feito e como contornar os problemas para evitar o uso de drogas de substâncias para dormir.


Sedativos podem causar alucinações, causar comportamentos dissociativos e comprometer o rendimento diário. O corpo fica mais pesado, com movimentos lentos e há dificuldade em realizar tarefas simples. Procure sempre atendimento médico antes de se dar qualquer remédio.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem