Governo federal autoriza o pagamento de três rodadas diferentes do PIS/Pasep para milhões de trabalhadores.

Imagem: Reprodução/Google

O abono salarial do PIS/Pasep é um benefício muito esperado para trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos de todo o país. Em 2022, duas rodadas de pagamento diferentes foram liberadas e estão disponíveis em dinheiro até o final de dezembro.


Além disso, o prazo para saque das cotas do Fundo PIS/Pasep para quem tem direito a elas permanece aberto. Saiba mais sobre cada uma dessas três possibilidades abaixo.


Abono PIS/Pasep 2022 (ano-base 2020)

Entre fevereiro e março, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil liberaram até um salário mínimo (R$ 1.212) do abono salarial para quem trabalha em 2020. O calendário foi adiado em um ano devido ao adiamento adotado pelo governo para economizar dinheiro em 2021.

 

Para ter acesso ao abono, o trabalhador deve cumprir os seguintes requisitos:


  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Trabalharam formalmente por pelo menos 30 dias em 2022;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos em 2020;
  • Esteja com os dados corretos na Relação Anual de Informações Sociais (Rais)/ eSocial.

O dinheiro já está disponível nas contas de todos aqueles que se enquadram nas regras. Para fazer a consulta, basta acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou ligar para a Central de Atendimento, pelo telefone 158.


Abono PIS/Pasep 2021 (ano-base 2019)


Desde 31 de março, o prazo está aberto para quem não retirar mais o abono para o ano-base 2019, pago no ano passado. Mais de 320 mil pessoas têm nova chance de resgatar cerca de R$ 208,5 milhões.


Para ter acesso ao benefício agora, basta enviar um pedido ao Ministério da Previdência Social e do Trabalho. O procedimento está disponível nas unidades regionais da agência, telefone 158 ou e-mail trabalho.uf@economia.gov.br (substituindo as letras "uf" pela sigla do estado onde mora).


Cotas do PIS/Pasep

A terceira liberação são as cotas do fundo PIS/Pasep, disponíveis para trabalhadores que trabalharam entre 1970 e 1988. Cerca de 10,5 milhões de cidadãos poderão sacar mais de R$ 23 bilhões até 1º de junho de 2025.


Como os recursos foram transferidos para o atual FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), basta acessar o site ou aplicativo do FGTS para visualizar as cotas. O pagamento pode ser feito nas agências da Caixa, mediante apresentação de documento oficial com foto.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem