Atenção! Auxílio estudante de até R$ 750 está com inscrições abertas; Veja como participar

Imagem: Reprodução/Google

Estudantes de baixa renda das áreas de saúde e ciências biológicas do Estado de São Paulo podem se candidatar a uma das 3.800 vagas oferecidas pelo programa Bolsa do Povo – Bem-vindo à Saúde. A iniciativa, criada pela Secretaria de Estado da Saúde, terá um incentivo financeiro de R$ 28,2 milhões.


O objetivo do projeto é, basicamente, oferecer subsídios financeiros para complementar a renda e incentivar a formação de alunos de cursos técnicos, tecnólogos e cursos de graduação nas áreas mencionadas acima. Além disso, devem estar matriculados em períodos entre o primeiro e o penúltimo ano.


Além de promover a profissionalização dos alunos, que permanecerão nos cursos, a medida servirá para ampliar e qualificar o atendimento dos cidadãos nos serviços públicos de saúde do estado de São Paulo.


Valor das bolsas para estudantes


No caso dos alunos de nível técnico, são oferecidas 1.700 bolsas com subsídio de R$ 500 mensais. Para os alunos tecnólogos, o valor é de R$ 650 e o número de bolsas 700. Por fim, no caso de bacharelado e bacharelado, estão disponíveis 1.400 bolsas com valor de R$ 750 cada.


Para receber os recursos, os alunos selecionados devem atuar em um dos 179 serviços da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, incluindo hospitais, Ambulatório Médico Especial (AMEs), centros especializados e Secretarias Regionais de Saúde (DRS). O período de horas deve ser de 20 horas semanais.


Como participar da seleção e receber a bolsa


As inscrições para o Programa Bolsa do Povo – Bem-estar à Saúde já estão abertas e ainda estão disponíveis até o dia 10 de abril no site da Bolsa do Povo SP. Os resultados dos classificados no primeiro bloco serão divulgados em 18 de abril.


A seleção dos aprovados considerará a listagem cronológica do tipo de curso, sendo utilizada como critério de desempate o candidato mais antigo.


Além disso, os interessados devem ter o sistema de vacinação completo (duas doses ou dose única), ter registro no Cadastro Único (CadÚnico), idade acima de 18 anos até a data do encerramento das inscrições, estar desempregado e ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem