Auxílio Brasil: Quais familiares precisam ser cadastrados no Cadúnico?

Imagem: Reprodução/Google

O Auxílio Brasil é o novo programa de transferência de renda do governo federal, tendo substituído o extinto Bolsa Família. Cerca de 17,5 milhões de pessoas foram beneficiadas em sua última rodada de pagamento, encerrada no dia 31 de janeiro.


Para participar do programa, a família precisa fazer sua inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Esse sistema do governo reúne informações sobre cidadãos em situação de vulnerabilidade com o objetivo de implementação de políticas públicas.


É com base nessa base de dados que o Ministério da Cidadania escolhe os beneficiários do Auxílio Brasil. Contudo, para ter chances de ser aprovado e não perder o benefício, o cadastro deve ser feito corretamente e passar por atualizações sempre que necessário.


Quem deve ser cadastrado no CadÚnico?

Alguns cidadãos podem ter dúvidas sobre quem deve ser incluído na inscrição. A resposta é bem simples: todas as pessoas que moram na sua residência, inclusive crianças e adolescentes.


O cadastro é feito nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos municípios. O responsável deve se dirigir ao local portando documentos pessoais e um documento de cada membro da família. Ou seja, se ele mora com 10 pessoas, precisa apresentar um documento de cada uma delas.


Mesmo que os moradores da casa sejam primos, tios ou até outros parentes, eles fazem parte do núcleo familiar e também entram na conta. É importante estar atento ao cadastro para não correr o risco de perder o benefício.

 

Calendário de fevereiro do Auxílio Brasil


NIS final 1: dia 11/2

NIS final 2: dia 12/2

NIS final 3: dia 17/2

NIS final 4: dia 18/2

NIS final 5: dia 19/2

NIS final 6: dia 22/2

NIS final 7: dia 23/2

NIS final 8: dia 24/2

NIS final 9: dia 25/2

NIS final 0: dia 26/2

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem