Atenção trabalhadores! Lucro do FGTS retorna em 2022; Saiba quando será pago a quantia a cada Brasileiro.

Imagem: Reprodução/Google

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) garante anualmente o chamado Lucro do FGTS, que é uma ação tomada pelo governo federal em favor dos trabalhadores. Na prática, os beneficiários recebem um valor extra em suas contas vinculadas ao fundo por meio de correção monetária e pagamento de juros.


O trabalhador que exerce uma atividade com carteira assinada e tem saldo nas contas vinculadas ao fundo em 31 de dezembro do ano anterior à liberação monetária tem direito ao lucro do FGTS.

 

No caso do lucro do FGTS 2022, quem tiver valores no último dia do ano (31 de dezembro de 2021) terá acesso aos valores extras, mesmo que o trabalhador venha sacar o dinheiro do FGTS. Isso porque a correção é sempre para o saldo do ano anterior ao pagamento.


Qual é o valor da transferência do lucro do FGTS?

O valor depositado na conta vinculada de cada trabalhador é calculado individualmente. No geral, o valor é proporcional ao dinheiro que o trabalhador tinha em conta em 31 de dezembro. Ou seja, quem teve mais equilíbrio receberá mais.


A distribuição de lucros do FGTS utiliza como cálculo o saldo disponível na data da simulação. No entanto, cabe ao Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS) determinar qual será o percentual do lucro a ser distribuído aos trabalhadores.


Enquanto isso, é aplicada a correção de 3% além da Taxa Referencial (TR) por ano no valor armazenado no FGTS.


Quando será pago o lucro do FGTS 2022?

De acordo com a Lei nº 13.446, de 25 de maio de 2017, o lucro do FGTS deve ser pago aos trabalhadores em agosto, entre os dias 1º e 31.


Apesar dos depósitos, existem regras para o lucro do FGTS. Eles só são válidos para casos previstos em lei, tais como: demissão sem justa causa, compra de imóvel, aposentadoria, doença, saque-aniversário, entre inúmeros outros.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem