Abono PIS/Pasep vai pagar até R$ 1.200 para trabalhadores em 2022; Veja detalhes se você tem direito.

Imagem: Reprodução/Google

O abono salarial do PIS/Pasep deste ano foi adiado e só começará em janeiro de 2022. A decisão – tomada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) após reunião com governo, empresas e trabalhadores – permitiu a recriação temporária do Benefício de Prestação Dea (BEm).


A partir do próximo ano, os trabalhadores que tiveram sua carteira assinada por pelo menos 30 dias terão acesso a uma porcentagem do total liberado. Além disso, outra regra exige que apenas os cidadãos que receberam no ano-base do calendário recebam o valor de até dois salários mínimos por mês (R$ 2.200) receberão os recursos.


Para ser considerado beneficiário, o trabalhador também deve estar inscrito no PIS (empregados de empresas privadas) ou no Pasep (servidores públicos) por pelo menos cinco anos, além de ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 

Valor do PIS/Pasep 2022

Enquanto o PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, o Pasep é repassado pelo Banco do Brasil. O valor do PIS/Pasep 2022 para cada cidadão varia de acordo com o seu horário de funcionamento, sendo:


1 mês de trabalho: R$ 100;

2 meses de trabalho: R$ 200;

3 meses de trabalho: R$ 300;

4 meses de trabalho: R$ 400;

5 meses de trabalho: R$ 500;

6 meses de trabalho: R$ 600;

7 meses de trabalho: R$ 700;

8 meses de trabalho: R$ 800;

9 meses de trabalho: R$ 900;

10 meses de trabalho: R$ 1000;

11 meses de trabalho: R$ 1.100;

12 meses de trabalho: R$ 1.200.


Interessados em saber mais sobre o PIS 2022 devem consultar os principais canais de atendimento da Caixa, como site, aplicativo ou telefone 0800 726 0207. No Pasep 2022, a verificação é feita via Banco do Brasil, através do site, aplicativo ou telefone 0800 729 0001.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem