Banco Central promove Mutirão da Negociação de Dívidas em atraso para pessoas físicas; Veja como participar

Imagem: Reprodução/Google

Entre os dias 1 e 30 de novembro, o Banco Central promove o Mutirão da Negociação de Dívidas e Orientação Financeira. A ação também conta com o Secretaria Nacional do Consumidor, Senado Federal e Federação Brasileira de Bancos (Febraban).Dessa forma, o mutirão de negociação quer resolver as pendências de dívidas por meio do envio de propostas de negociação. Por isso, quem está em dívida é orientado quanto às formas de envio das propostas.


Por meio do site é possível conferir as dívidas em nome do cliente. Ou seja, a negociação acontece depois que o cliente se registra na plataforma consumidor.gov.br. De acordo com o Banco Central, o mutirão de negociação de dívidas é uma forma de implementar mais ações de educação financeira.


Como fazer a negociação da dívida

Primeiramente é preciso fazer o registro no site consumidor.gov.br. Logo depois, a pessoa com dívida em aberto precisa escolher a instituição com a qual vai negociar. Depois disso, o banco analisa o pedido e apresenta uma proposta no prazo máximo de 10 dias.


Na página do mutirão na Febraban é possível pelo devedor conferir quais são as dívidas, se vale mesmo a pena participar do mutirão e, ainda, o valor das parcelas.  Dessa forma, o orçamento fica comprometido se as formas de pagamento da dívida não couberem mais uma vez no bolso dos clientes.

 

Além disso, a pessoa que tem dívida aberta precisa conferir todos os detalhes da negociação para buscas formas de se livrar das pendências e deixas as finanças em dia.


O mutirão de negociação das dívidas chega em boa hora, já que muitos consumidores brasileiros querem ficar com o nome limpo.


Primeiramente, para conseguir crédito e melhores opções de negócios e, além disso, por conta da proximidade com a Black Friday, que aquece as vendas no comércio.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem