Atrasados do INSS: Confira quem terá direito a quantia de R$ 1,33 bilhão atrasados liberados pela Justiça

Imagem: Reprodução/Google

Cerca de 73 mil aposentados e pensionistas que venceram processos judiciais contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) terão direito a R$ 1,33 bilhão em atrasados. A ordem de pagamento desses segurados foi emitida em outubro, o que significa que o dinheiro deve sair em pouco tempo.


Esse total será pago a cidadãos que têm direito a valores de até 60 salários (R$ 66 mil atualmente). A concessão ocorre por meio de RPVs (Requisições de Pequeno Valor), geradas após a liberação do dinheiro pelo Conselho da Justiça Federal (CJF) aos tribunais regionais.

 

Em geral, todo esse trâmite leva cerca de dois meses após a sentença do juiz. No entanto, os cronogramas são definidos por cada tribunal.


Como consultar os atrasados do INSS

Para saber se o dinheiro foi liberado ou se já existe uma data para o pagamento, é só realizar uma consulta no TRF (Tribunal Regional Federal) responsável pelo processo.
Veja o passo a passo:


  • Acesse o site do TRF (Tribunal Regional Federal) da sua região;
  • Clique no menu por “Consulta processual”;
  • Aperte na seta localizada ao lado de “Número do processo”;
  • Selecione a opção “Requisições de pagamento”;
  • Toque em “Consultas por OAB, Processo de origem, Ofício Requisitório de origem ou Número de protocolo”;
  • Informe o número do seu CPF, da OAB do advogado responsável ou do processo;
  • Clique em “Pesquisar”.

Acima de 60 salários mínimos

Para atrasados acima de 60 salários mínimos, o pagamento é feito via precatórios. Nesse caso, quem teve a ordem de pagamento emitida entre os dias 2 de julho de 2020 e 1º de julho de 2021 só receberá em 2022. A consulta está disponível no site da CMO:


  • Entre no site da CMO e toque em “LOA 2022 Precatórios”;
  • Escolha o tribunal responsável pela emissão da sentença;
  • Encontre no documento o número do seu precatório e confira a data.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem