Aposentadoria do INSS: Previdência Social muda regras para quem tem 50 anos completos; Veja

Imagem: Reprodução/Google

Quem tem 50 anos completos precisa acompanhar as mudanças no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pois entra na chamada regra de transição da Reforma da Previdência.


Dessa forma, quem vai se aposentar deve observar todos os fatores antes de tomar a decisão. É que com as mudanças, a aposentadoria no tempo certo pode ser mais vantajosa.


Como fica para quem tem 50 anos completos

Novas exigências foram definidas pela Reforma da Previdência. Por isso, quem está na regra de transição precisa contar os pontos, ou seja, além da idade mínima tem também o tempo de contribuição ao INSS.


Por exemplo, mulheres com 25 anos e homens com 33 anos de contribuição podem calcular a melhor forma de se aposentar. Está aí a importância de quem tem 50 anos completos ver a hora certa de fazer o pedido.


Com a Reforma da Previdência, o cálculo certo da hora de se aposentar pode fazer uma grande diferença no ganho do benefício. Quem tem 50 anos completos pode ter um ganho até 30% maior.


Antes de fazer o pedido da aposentadoria, então confira as vantagens

São os pedágios. O de 50% é para quem quer se aposentar sem cumprir uma idade mínima. Ou seja, isso é possível por ser a transição, de como era antes da Reforma da Previdência.


Por outro lado é necessário cumprir 50% do tempo que ainda falta para se ter 35 anos de contribuição, no caso de homens.


Para as mulheres é de 30 anos de contribuição. Além disso tem também o pedágio de 100%.


Nesse sentido, vale para quem estava há mais de dois anos para a aposentadoria quando teve mudança nas regras da Previdência. Ou seja, fica sendo a idade mínima de 57 anos para mulheres e 60 anos para homens aposentarem da melhor forma e garantir mais vantagens.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem