Astronauta Francês fotografou erupção do vulcão cumbre vieja nas Ilhas Canárias do espaço.

Imagem: Reprodução/Google

Um astronauta francês fotografou a erupção do vulcão de Cumbre Vieja nas Ilhas Canárias, visto do espaço nesta quarta-feira (22) (veja foto abaixo).


Thomas Pesquet, que está em missão da agência europeia na Estação Espacial Internacional (ISS), divulgou o registro em seu perfil no Twitter.


"O vulcão de La Palma em erupção", escreveu o astronauta. "O esplendor laranja da lava contrasta com a escuridão do Oceano Atlântico e torna tudo mais impressionante."


Pesquet também comentou que o brilho da lava parece estar "muito perto" das luzes da cidade. A erupção já destruiu carros e dezenas de casas ao longo do caminho, mas não há registro de mortes.


Atividade forte após 50 anos

A primeira erupção do vulcão Cumbre Vieja nos últimos 50 anos levou à remoção de mais de 5.000 pessoas da ilha de La Palma, no arquipélago espanhol, no Atlântico.


O vulcão entrou em erupção no domingo (19), no parque Cumbre Vieja, em La Palma. mImagens de drone mostraram lava atingindo uma piscina na área


                                                                                            Foto G1


Até 84 dias de erupção

De acordo com o Instituto Vulcanológico Canário (Invulcan), a erupção de Cumbre Vieja pode durar até 84 dias. No entanto, especialistas apontaram que ainda é difícil estabelecer um prazo exato para o fim da atividade vulcânica.


"É aceitável dizer que trabalhamos com uma duração estimada de 24 a 84 dias, com uma média geométrica calculada a 55 dias de duração", disse Invulcan em um comunicado.

A erupção atual começou em 19 de setembro, depois que uma série de atividades sísmicas – com terremotos e terremotos menores – foram registradas na ilha de La Palma desde o dia 11, de acordo com o National Geographic Institute (IGN) da Espanha.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem