Confira as 5 dicas para evitar o colesterol ruin.

Imagem: Reprodução/Google

Segundo pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), os altos níveis de colesterol atingem cerca de quatro em cada dez adultos brasileiros. Ou seja, cerca de 60 milhões de pessoas, ou 40% da população, sofrem da doença.


A má alimentação e o sedentarismo estão entre as principais causas do colesterol alto. No entanto, a heredeidade também pode causar o transtorno. Considerado uma doença silenciosa, o colesterol alto não causa dor ou desconforto, por isso é importante realizar exames laboratoriais periodicamente e, se necessário, acompanhamento de um especialista.


O que é colesterol?

Segundo o Ministério da Saúde, o colesterol é um conjunto de gorduras naturais essenciais para a produção de certos hormônios, mas deve ser ingerido de forma equilibrada para que não haja mudança no corpo. Existem dois tipos de colesterol. Eles são:


HDL (Lipoproteína de alta ensidade)

Considerado "colesterol bom", é encontrado em castanhas, azeite e peixe, por exemplo. Tem a função de tomar colesterol ruim, que deposita nas veias e artérias, no fígado para que seja expelido.


LDL (Lipoproteína de baixa densidade)

Denominada "colesterol ruim", é a gordura encontrada em alimentos com gorduras saturadas, como carnes vermelhas, frituras e alimentos embutidos. Em excesso, pode causar acúmulo de placas de gordura nas artérias, prevenindo ou dificultando a passagem de sangue. Segundo o Ministério da Saúde, o LDL aumenta a incidência de acidente vascular cerebral, morte súbita e doença cardíaca coronariana.


Dicas para prevenir o colesterol alto


1. Pratique atividade física

A prática de exercícios físicos regularmente ajuda na "queima" de gordura acumulada no corpo e reduz o nível de colesterol no corpo.


2. Evite alimentos gordurosos

Alimentos embutidos (salsicha, salsicha, bacon), carnes gordurosas (cupim, picanha e pele de frango), frituras (lanches fritos e empanados), gordura trans (sorvete, salgadinhos e biscoitos recheados) e bebida alcoólica.


3. Consumir alimentos saudáveis

Alimentos frescos e minimamente processados, como grãos integrais, frutas, legumes e vegetais, ajudam a regular o colesterol.


4. Não fume

Entre outras doenças, o tabagismo aumenta os riscos de doenças cardíacas, como o infarto.


5. Faça um acompanhamento médico regular

O médico especialista ajuda a identificar fatores de risco e auxiliar no controle do colesterol alto.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem