Simpósio discute propostas para a cultura de Cruz das Almas

Foto: Jheffeson Jheksom

Representando o Governo Municipal, o vice-prefeito André Eloy participou nesta sexta-feira (13) do I Simpósio Cultural de Cruz das Almas na Câmara de Vereadores. O objetivo do encontro foi discutir os impactos da pandemia na cultura e os desafios para a retomada das atividades.


“Essa retomada é difícil. A forma respeitosa que esse evento está sendo conduzido abre um grande diálogo com a gestão pública municipal para que, a partir do fim da pandemia ou a partir da permissão da realização de eventos, termos os melhores e maiores eventos que Cruz das Almas pode oferecer”, afirmou Eloy.


Ainda durante a fala inicial, o vice-prefeito defendeu mudanças na legislação municipal, que para controlar o som acabou causando a marginalização de eventos na cidade. “Temos uma lei ortodoxa da década de 2000, que é a ‘Lei do Silêncio’. Ela precisa ser aperfeiçoada porque não zoneia Cruz das Almas, como se faz nas grandes cidades. Não adianta que nós avancemos com grandes espaços culturais se nós temos uma lei que impede a emissão de ruídos”, criticou.


O simpósio foi organizado pela Comissão de Cultura de Cruz das Almas e contou também com a presença de vereadores, artistas e agentes de cultura que atuam na cidade. A programação contou com apresentações culturais e mesas de debates, em que os participantes discutiram propostas para valorizar as manifestações culturais e apoiar os artistas cruzalmenses.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem