Presidente da Caixa Econômica Pedro Guimarães, confirma concurso com 1 mil vagas de emprego com salario inicial de R$ 3.000; Veja.

Imagem: Reprodução/Google

Na última quarta-feira, 11, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, voltou a confirmar que o novo concurso da Caixa vai oferecer 1 mil vagas de emprego para deficientes físicos. Além disso, Guimarães também levantou a possibilidade de que a nova equipe tenha vagas em todos os estadosEntende-se que as 1.000 vagas que se prevêem a serem anunciadas serão destinadas à transformação de posições de técnico de banco. Essa posição tem requisitos médios, com receita inicial de R$ 3.000 e jornada de 30 horas, conforme divulgado no site da Caixa.


Somente pessoas com deficiência (PCD) podem participar desta seleção. Já o regime de contratação é a CLT, portanto, o contrato de trabalho traz o FGTS como direitos e outras garantias. Ao final de 2014, a Caixa Econômica Federal contava com pouco mais de 101 mil funcionários.


No ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2014/2015, a direção do banco prometeu contratar mais de 2.000 funcionários, elevando o número total de funcionários para 103.000. Com o tempo, mais de 16.000 funcionários deixaram a empresa principalmente por causa de planos de demissão.


Não há informações sobre quantas pessoas são recrutadas nesse processo seletivo, mas menos de 10% dos candidatos aprovados são chamados, e estima-se que haja cerca de 85.000 funcionários hoje.


Uma vez que a suspensão do prazo de validade do concurso consta dos autos do contencioso cível público em tramitação no TRT da Comarca 10, é possível a contratação de pessoas que tenham sido aprovadas no último concurso.


O ACP proposto pelo Ministério do Trabalho Público visa o cumprimento dos acordos coletivos de reorganização dos colaboradores da Caixa.


Para concorrer ao cargo de técnico bancário é necessário possuir apenas ensino médio, com remuneração de R$ 2.932,32, incluindo salário base de R$ 2.025 e R$ 907,32 de benefícios – isso no concurso Caixa Econômica de 2014.


Além disso, a carreira conta com uma série de benefícios, como possibilidade de evolução salarial ao longo da trajetória profissional, possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros e resultados.


Existe também a possibilidade de participação em plano de saúde de previdência complementar, incluindo outros benefícios exclusivos, como auxílio refeição-alimentação, auxílio cesta-alimentação, possibilidade de participação em programa de elevação da escolaridade e desenvolvimento e programas de preservação da saúde, qualidade de vida e prevenção de acidentes.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem