Veja quem poderá parcelar a conta de luz com desconto em até 12 vezes pelo aplicativo do WhatsApp.

Imagem: Reprodução/Google

A pandemia de Covid-19 deixou milhões de brasileiros sem renda, o que elevou os índices de inadimplência no país. Além do agravamento da situação financeira da população, a bandeira vermelha nível 2 ainda foi aplicada, deixando as contas de energia ainda mais caras.


O motivo desse reajuste expressivo é a crise hídrica que afeta o país neste ano. Durante o auge da pandemia, em 2020, muitas empresas chegaram a registrar R$ 5 bilhões em prejuízo, o que levou a diversas negociações com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).


De olho nessa situação, concessionárias de energia de todo o Brasil adotaram medidas para facilitar o pagamento de dívidas e reduzir os níveis de inadimplência. Algumas delas permitem o parcelamento das contas em até 12 vezes e negociações pelo WhatsApp.


Medidas extraordinárias

A CPFL Energia, concessionária que atende São Paulo e no Rio Grande do Sul, autoriza o parcelamento da conta de luz até 12 vezes. Já a Neoenergia, distribuidora do Distrito Federal e outros 18 estados, dá descontos na fatura e ainda negocia dívidas pelo WhatsApp ou Facebook Messenger. Basta enviar uma mensagem informando que quer falar sobre seu débito.


Além dessas ofertas, moradores de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Goiás podem obter 40% de cashback se pagarem a conta de luz com o cartão de crédito. A oferta da Enel em parceria com o PicPay tem validade até o dia 18 de agosto e a porcentagem do retorno varia de acordo com a quantidade de parcelas e o valor negociado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem