Veja o calendário de pagamento da 2ª parcela do 13° do INSS.

Imagem: Reprodução/Google



O 13º salário do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi antecipado em 2021, e os pagamentos da primeira parcela já estão ocorrendo desde maio. A liberação do adicional anual é feita de forma escalonada, de acordo com o número final do benefício do aposentado, pensionista ou contemplado pelo auxílio-doença.


Com o fim dos pagamentos da primeira cota, que terminam em 8 de junho, os segurados do INS já aguardam a liberação da próxima parcela. Como tem sido nos últimos anos, o dinheiro é creditado em diferentes datas para quem recebe até um salário mínimo e para quem ganha acima do piso nacional.


Como se pode ver, quem recebe até um salário mínimo receberá o benefício entre 24 de junho e 7 de julho de 2021. Esse grupo representa 65% dos segurados do instituto. Aqueles que ganham mais do que o piso terão o benefício creditado entre os dias 1º e 7 de julho de 2021.


Valor da segunda parcela

Na primeira parcela do dia 13, não há desconto no imposto de renda, mas na segunda parcela está prevista essa redução. Veja como este cálculo é feito:


  • Segurados com até 64 anos e rendimentos superiores a R$ 1.903,98: IR calculado sobre o valor das duas parcelas; e
  • Segurado com 65 anos: O IR só é aplicado se o valor mensal do benefício for superior a R$ 3.807,96, uma vez que há uma parcela extra de isenção.

Vale lembrar também que quem começou a receber até janeiro de 2021 não paga IR. Para quem começou a receber em fevereiro ou terá o benefício cortado antes de 31 de dezembro deste ano, o valor do 13º salário será correspondente ao número de meses em que foi contemplado durante o ano.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem