Líder Kim Jong-Un da Coréia do norte proíbe que cidadãos usem piercings, mullets e calça skinny: "cultura capitalista"

Imagem: Reprodução/Google

O líder da Coréia do Norte, Kim Jong-Un, proibiu que pessoas utilizem calças jeans skinny (com o corte justo), piercings no nariz e na boca, e cabelo estilo mullet.


A justificativa é impedir que a "cultura capitalista" tome conta da Coréia do Norte. A informação foi divulgada no jornal estatal Rodong Sinmun.


Além do mullet, Kim Jong-Un também baniu o penteado "espetado" e tintura no cabelo. Camisetas com nomes de marcas também estão proibidas por serem consideradas "anti-capitalistas".


Outros elementos considerados símbolos da cultura capitalista já haviam sido proibidos, como o gênero musical K-Pop (sul-coreano). A agência de notícias Yonhap News diz que o governo define o estilo de vida capitalista como "exótico e decadente". O governo já ressaltou que vai combater qualquer sinal de entrada de costumes ocidentais no país.