Novo Carro voador elétrico ASKA, A ideia do projeto, é claro, é revolucionar o mercado de transporte no futuro.

Imagem:Google

É oficial: há um carro voador no mercado e você pode até encomendar o modelo agora, na fase de pré-venda. Estamos falando da ASKA, desenvolvida pela startup israelense/americana NFT Inc.

O veículo dobrável (e elétrico!) pode decolar e pousar verticalmente, e faz parte do conceito chamado "voar e dirigir" – ou seja, pode ser usado tanto nos céus quanto em viagens rodoviárias e rodoviárias.


A ideia do projeto, é claro, é revolucionar o mercado de transporte no futuro. O VTOL elétrico (veículo com capacidade vertical de decolagem e pouso) foi inicialmente projetado em 2019, sendo mais focado em uma aeronave, mas agora passou a ser chamado de carro voador, literalmente.

Duvida que funcione? Dê uma olhada no vídeo demo abaixo, então:



E como é possível um carro voar? ASKA tem um sistema de seis rotores muito complexos, instalados em asas e braços retráteis. O design do veículo se assemelha a um helicóptero de cauda tipo V e a cabine, que tem capacidade para quatro pessoas, tem forma de gota.


Em terra firme, o veículo voador elétrico retrai suas asas e braços automaticamente, deixando-os estreitos o suficiente para andar pelas ruas no meio de automóveis comuns.

E não se preocupe com o tamanho: na forma de um carro, o ASKA se encaixa até mesmo em uma simples vaga de estacionamento.


Mas o principal destaque do carro voador, com certeza, é como decolar, o que pode ser feito tanto como um avião convencional em uma pista pequena (STOL/decolagem e pouso em pistas curtas), quanto em elevação vertical (VTOL/decolagem vertical e pouso).


De acordo com a NFT, a ASKA é capaz de atingir velocidades de até 241 km/h ao voar, atingindo uma autonomia de aproximadamente 400 km.

Na estrada, os motores elétricos instalados sobre as rodas permitem uma velocidade máxima de cerca de 110 km/h


A empresa esclarece que será necessário tirar uma licença de piloto para voar com a ASKA, mas a maior parte do trabalho no ar será realizada por controles informatizados semiautônomos (sim, além de voar e elétrico, o carro tem direção semiautônoma).


A decolagem convencional consome muito menos energia do que a vertical, segundo informações, garantindo assim maior autonomia.
Além disso, o veículo elétrico terá a possibilidade de ter um extensor de hidrogênio, aumentando sua capacidade em 150 km


Quer comprar o carro voador? Você pode comprá-lo em pré-venda, mas saiba que o preço do veículo também está "em alturas". A NFT informou que o preço inicial do produto é de US$ 789 mil (quase R$ 4 milhões e 336 mil, na preço atual).


Espera-se que o primeiro protótipo em tamanho real voe até o final de 2022. Depois disso, serão mais três anos trabalhando em ajustes finais, como licenciamento, autorização para uso em vários países e etc. A expectativa é que as entregas oficiais comecem apenas em 2026.