Confira o novo calendário de saques do Auxílio Emergencial para Nascidos em Janeiro a Dezembro ; Veja aqui!

Imagem:Google

A Caixa Econômica anunciou nesta quinta-feira, 15, a antecipação do calendário de pagamentos à vista da primeira parcela do auxílio emergencial 2021. Pedro Guimarães, presidente da Caixa, disse que a ideia era antecipar o saque em "duas semanas". Mas essa expectativa será menor para a maioria dos beneficiários.


Os pagamentos da primeira parcela do auxílio para os aniversários de novembro e dezembro foram antecipados em um dia, e que não fazem parte do Bolsa Família. Esses grupos recebem crédito em sua conta nos dias 28 e 29 de abril, respectivamente. Inicialmente, eles receberiam entre 29 e 30 de abril.


A mudança não impactou o restante das datas que já foram comunicadas para a conta de crédito e para o caixa dos valores dos pagamentos que serão creditados de junho a setembro.


Como resultado da mudança, a liberação dos partos será feita entre 30 de abril e 17 de maio, dependendo da data de nascimento do beneficiário. Inicialmente, os lançamentos foram de 4 de maio a 4 de junho.


Confira como foi o calendário de afastamentos da primeira parcela do auxílio emergencial que foi organizada de acordo com a data de nascimento do beneficiário:


Nascido em janeiro: 30 de abril (era 4 de maio)

Nascido em fevereiro: 3 de maio (era 6 de maio)

Nascido em março: 4 de maio (era 10 de maio)

Nascido em abril: 5 de maio (era 12 de maio)

Nascido em maio: 6 de maio (era 14 de maio)

Nascido em junho: 7 de maio (era 18 de maio)

Nascido em julho: 10 de maio (era 20 de maio)

Nascido em agosto: 11 de maio (era 21 de maio)

Nascido em setembro: 12 de maio (era 25 de maio)

Nascido em Outubro: 13 de maio (era 27 de maio)

Nascido em novembro: 14 de maio (foi 1º de junho)

Nascido em dezembro: 17 de maio (era 4 de junho) 


Pedro Guimarães disse que "no local de ajuda, teremos todo o calendário. Mas (a mudança) vem para antecipar em duas semanas e, já neste mês agora, em 30 de abril, já começamos a fazer pagamentos, ou seja, permitir o saque nas lotéricas e caixas eletrônicos [caixas eletrônicos], que foi só em maio".