Atenção! Renda Básica Emergencial começa a ser paga para beneficiários nesta quinta, (25)

Imagem:Google

A primeira rodada de pagamentos do Programa de Renda Básica Emergencial 2021 começa nesta quinta-feira, 25. Os valores variam de R$ 100 a R$ 200 por mês por pessoa e duram três meses, entre março, abril e maio.


Mais de 480 mil famílias da cidade de São Paulo serão beneficiadas com o auxílio, totalizando 1.287.422 pessoas. A liberação dos recursos é feita de acordo com o cronograma divulgado pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.


Inicialmente, o investimento previsto é de R$ 398 milhões, de acordo com a prorrogação aprovada pela Lei 17.504 de 2020, também responsável pela implementação do benefício para mitigar os impactos causados pela pandemia coronavírus.


Quem pode receber renda básica?

Famílias inscritas no Bolsa Família até 30 de setembro de 2020 podem receber a ajuda da cidade de São Paulo. Também fazem parte do grupo de beneficiários os trabalhadores ambulantes do comércio informal que atendem aos critérios do programa, que possuem um Termo de Permissão de Uso (TPU) válido, ou que estejam cadastrados no Sistema Jurídico Tô, com foco no comércio e prestação de serviços de caminhada.


No caso das pessoas com deficiência (PCD), independentemente da idade, o valor pago é de R$ 200, exceto para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC).


Calendário de pagamento

A ordem de repasse do benefício foi estabelecida de acordo com o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). De acordo com a Coordenação de Gestão de Benefícios (CGB) de São Paulo, os candidatos selecionados receberão uma SMS a partir desta sexta-feira, 26, com informações relacionadas às datas de pagamento e disponibilidade de dinheiro em canais digitais.


Confira abaixo o cronograma anunciado, contendo o fim do NIS e a data de crédito: 1 e 2 - 25/03; 3 e 4 - 26/03; 5 e 6 - 29/03; 7 e 8 - 30/03; e 9 e 0 - 31/03.


Vale ressaltar que não é necessário ir aos postos do Descomplica SP, agências da Caixa ou Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Isso porque o benefício será gerado automaticamente.


Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas pelo site da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/assistencia_social/) ou Central 156.