IBGE revela números recordes de desemprego em todo o Brasil em 20 estados.

Imagem:Google

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pdad Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada na última quarta-feira, 10, revelou que o desemprego no Brasil bateu recordes em 2020.

A taxa média foi a mais alta da série histórica em 20 estados, enquanto a taxa nacional ficou em 13,5%, seu pior número desde 2012.


A taxa de ocupação registrada no ano passado foi de 49,4%. A Bahia liderou como o estado com maior taxa de desemprego: 19,4%. Em seguida vieram Alagoas (18,6%), Sergipe (18,4%), Rio de Janeiro (17,4%) e Roraima (16,4%).


Na mesma pesquisa, houve queda no número de trabalhadores indiretos, de 41,1% da população em 2019 para 38,7% em 2020. "A queda da informalidade não está relacionada a mais trabalhadores formais no mercado. Está associado ao fato de que os trabalhadores informais perderam a ocupação ao longo do ano", diz a analista de pesquisa Adriana Beringuy.