Maioria dos beneficiados do novo Auxílio Emergencial receberão o valor de R$150,00; Veja porque

Imagem:Google

Novo valor do auxílio emergencial será ainda menor que os R$ 300 ofertados no fim de 2020. Nessa semana, o governo federal conseguiu aprovar a PEC emergencial que determina a folha orçamentária do coronavoucher.

De acordo com a previsão concedida pela equipe econômica, as mensalidades irão variar entre R$ 150 e R$ 375. Acompanhe a divisão no texto abaixo.


Uma nova rodada do auxílio emergencial está prestes a começar e a população contemplada deverá reorganizar as finanças.


Segundo representantes do ministério da economia, o benefício terá um custo médio de R$ 150 para parte significativa dos contemplados. A previsão é de que o pagamento passe a ser feito no início de abril.


Valores do auxílio emergencial em 2021

Nessa rodada, o coronavoucher será distribuído em três categorias diferentes.
As mensalidades mais altas, de R$ 375, serão destinadas exclusivamente para as mulheres mães de família solteiras. O governo estima que cerca de 9,3 milhões de contempladas neste grupo.


Há ainda o valor de R$ 250 para cerca de 16,7 milhões de famílias, com mais de um integrante, onde todos estejam desempregados. Nesse caso, apenas uma pessoa da residência poderá ser contemplada, sem possibilidade de acumulo.


Por fim, o grupo com o menor valor representa cerca de 20 milhões de famílias. Seu pagamento será de R$ 150, sendo ofertado apenas para quem se enquadrar na categoria “unipessoal”, ou seja, que more sozinho.


O montante representará aproximadamente 43% do total de beneficiados com o auxílio nessa nova rodada.


Definição orçamentária

De acordo com o texto da PEC emergencial, o governo terá R$ 44 bilhões para investir no programa. Isso significa dizer que haverá uma distribuição e redução nas parcelas de modo que consiga beneficiar um maior número possível.


É importante ressaltar que em 2020 o projeto forneceu assistência para cerca de 60 milhões de brasileiros. Neste ano, apenas 40 milhões permanecerão na folha orçamentária. A definição dos contemplados, por sua vez, será feita por meio de um processo de triagem entre aqueles que já estão cadastrados no Caixa Tem.


A população terá até o fim de março para fazer a atualização de suas contas na poupança digital. Somente com os registros em dia é que será concedida a possibilidade do pagamento pelo auxílio 2021.


Para conferir o calendário de atualização pelo Caixa Tem, basta clicar aqui. Já para mais informações sobre o auxílio emergencial, acompanhe nossa página exclusiva do projeto.