Atenção! INSS libera solicitação de aposentadoria e pensão com aumento; Veja.

Imagem:Google

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já começaram a receber o benefício de 2021 com reajuste. Quem ainda não recebeu o dinheiro pode acessar o site do órgão ou o aplicativo Meu INSS, disponível gratuitamente nas plataformas Android e iOs, para consultar.


O primeiro acesso depende de um registro onde são solicitados dados pessoais, respostas a perguntas relacionadas ao histórico de trabalho, como em que ano trabalhou em determinada empresa, quando foi a última vez que contribuiu para o INSS e faixa salarial.


Confira o passo a passo:


  • Quando encontrar o aplicativo Meu INSS em sua loja móvel, baixe-o gratuitamente;
  • Em seguida, clique em "Registrar senha" e siga as instruções. Vale lembrar que essa senha não pode, sob nenhuma circunstância, ser compartilhada com terceiros ou estranhos;
  • Digite o número do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF), a senha cadastrada e clique em "Login";
  • Vários serviços serão exibidos na página inicial. Clique em "Declaração de pagamento";
  • Nesta opção, a plataforma exibirá quanto e quando o segurado irá recebê-lo.

O reajuste do salário mínimo, que se baseia no índice nacional de preços ao consumidor (INPC) acumulado de 2020, afeta diretamente o reajuste do INSS. No ano passado, o aumento foi de 5,45%. Portanto, os segurados que ganham um salário mínimo terão um aumento de 5,26%.


O cronograma de pagamento do INSS é baseado no dígito final do número do beneficiário, desconsiderando o dígito. As datas são divididas entre aqueles que recebem até um salário mínimo e quem recebe mais.

Verificar:


Calendário de pagamentos do INSS

Para benefícios que recebem um salário mínimo


Imagem:Fdr


Para benefícios que recebem acima de um salário mínimo

Imagem:Fdr


Meu aplicativo do INSS

Além do serviço gratuito mencionado, o aplicativo Meu INSS oferece diversas atividades gratuitas, como agendamento, solicitações, agendamento de habilidades, emissão de guia de pagamento, comunicação de acidente de trabalho, calendário de pagamento.


E também, acesso ao mapeamento da agência mais próxima de sua casa, verificação da autenticidade dos documentos, entre outros.


13º salário do INSS será antecipado?

Uma das questões sobre o INSS para o ano de 2021 diz respeito à possibilidade de antecipação do 13º salário, como aconteceu em 2020.


Em nota nesta quarta-feira (5), o ministro da Economia, Paulo Guedes, ao lado do novo prefeito, Arthur Lira, disse que: "Temos o protocolo da crise. Se a pandemia nos atacar, sabemos como reagir."


Sem abordar especificamente o 13º salário, Guedes deu preferência ao combate à pandemia do novo coronavírus no país. "A saúde e a economia andam de mãos dadas. Na saúde, vacinação em massa, proteção aos mais vulneráveis", disse o ministro.



Vale ressaltar que, além do pedido de antecipação do 13º salário do INSS para o primeiro semestre deste ano, há também a possibilidade de um possível 14º salário para aposentados e pensionistas.


O projeto é defendido para que esse grupo não chegue desassisto no final do ano, já que o abono natalino seria antecipado até, no máximo, agosto.


Sem respostas para o dia 13, o dia 14 também não teve seu lugar na agenda. A expectativa da população é que as questões sejam tratadas ainda este mês com a entrada de novos nomes na presidência da Câmara dos Deputados e do Senado.


Até o momento, o presidente da República, Jair Bolsonaro, não comentou o assunto.


E a ajuda de emergência?

Auxílio emergencial não é suficiente para aposentados e pensionistas do INSS. Eles não estão incluídos no grupo que tem acesso ao benefício. Portanto, mesmo que houvesse uma prorrogação para 2021 – o que, até agora, parece inviável para a equipe bolsonarista – essa classe não seria cumprida.