CNH sem obrigatoriedade de autoescola? Projeto de lei em tramitação ,Conheça a proposta!

Imagem:Google

Um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados visa tornar obrigatória a frequência na escola para quem está tentando obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
A proposta é o tema do Projeto de Lei 4474/20.


O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), autor do projeto, disse que o objetivo é tornar o processo de obtenção da CNH "menos burocrático e caro".


"O projeto permite que a instrução aos futuros motoristas possa ser feita em particular, sem que o candidato tenha que frequentar uma escola", disse.


De acordo com o texto, os órgãos de trânsito devem oferecer material gratuito na internet para a realização de testes escritos, permitindo que futuros motoristas se autodidadem. Esta evidência aborda o conteúdo da legislação de trânsito e primeiros socorros.


Para o exame prático da direção, a ideia é que o cidadão possa escolher um instrutor independente, desde que credenciado pelos órgãos de trânsito. Para isso, este instrutor deve ter uma qualificação na categoria desejada pelo candidato por um período mínimo de cinco anos.


Os seguintes requisitos também serão feitos a esses instrutores:


  • Não ter tido o direito de dirigir suspenso ou caçado nos últimos cinco anos, ou ter processo em andamento para essas penalidades; E
  • Não ter sido condenado ou processado por um crime de trânsito.
  • Além disso, o veículo utilizado deve ter sua própria identificação da condição de aprendizagem, de acordo com a norma do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).


Outro projeto que também está em tramitação, juntamente com mais de 200 outras propostas que modificam o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), torna a autoescola opcional para futuros motoristas, o PL 3781/19.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem