Seguro-desemprego 2021: Conheça os novos valores do benefício

Imagem:Google

O governo federal já divulgou a tabela com os valores atualizados do seguro-desemprego para 2021, corrigidos com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) confirmado pelo Ministério da Economia, de 5,45%.

Os benefícios mudaram em todas as faixas de valor.


O cálculo das parcelas leva em conta a média salarial dos últimos três meses antes da demissão do trabalhador. O benefício pago não pode ser inferior ao salário mínimo, atualmente em R$ 1.100.


Agora, os trabalhadores com remuneração acima de R$ 2.811,60 receberão uma parcela máxima de R$ 1.911,84, contra R$ 1.813 anteriormente. A liberação do dinheiro é feita entre três e cinco parcelas, de acordo com os meses trabalhados e os pedidos anteriores.


O trabalhador informal interessado no seguro-desemprego deve se inscrever entre o 7º e o 120º dia após a data da demissão, enquanto o empregado doméstico deve fazer o pedido entre o 7º e o 90º dia da demissão. Vale lembrar que o benefício só é pago a quem não tem outra relação de emprego, seja formal ou informal.


Cálculo dos valores do seguro-desemprego

  • Trabalhador que ganha até R$ 1.686,79: multiplicar o salário médio dos últimos três meses por 0,8. O benefício mínimo será de R$ 1.100;
  • Trabalhador com salário entre R$ 1.686,80 e R$ 2.811,60: multiplicar o valor que exceder R$ 1.686,79 por 0,5 e somar R$ 1.349,43;
  • Trabalhador que recebe mais de R$ 2.811,60: benefício fixado em R$ 1.911,84.

Como entrar no seguro-desemprego

Pedidos de benefícios podem ser feitos no empregabrasil.mte.gov.br/.
O requerente fará um cadastro informando seu nome, CPF, data de nascimento, nome da mãe e Estado de nascimento.


Se todas as informações estiverem corretas, ele será redirecionado para um questionário com cinco perguntas sobre sua carreira. Depois de acertar todos eles, o sistema enviará uma senha temporária, que deve ser trocada no primeiro acesso. Se ele responder alguma dessas respostas, ele pode tentar novamente dentro de 24 horas ou ligar para a Central do INSS no 135.


Ao final desta etapa, ele terá acesso aos serviços da Emprega Brasil e poderá entrar em seu benefício clicando na opção "Solicitar Seguro Desemprego". Em seguida, basta agendar o atendimento presencial dentro de 30 dias e aguardar os pagamentos.


O valor do seguro-desemprego é liberado na semana seguinte à chamada. A solicitação também pode ser feita em uma das Superintendências Regionais do Trabalho (mediante agendamento) ou pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem