Programa Bolsa Família 2021 terá NOVO valor e inclusão de novos benefícios a partir do próximo calendário; Confira!

Imagem: Google

Governo avalia possibilidade de aumentar o valor do Bolsa Família. Nas últimas semanas, a imprensa brasileira vem buscando respostas sobre o funcionamento do projeto em 2021.

Com o fim do auxílio emergencial, há grandes dúvidas sobre se o programa funcionará da mesma forma atual ou sofrerá modificações.


A ideia de manter o Bolsa Família em 2021 foi anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro diante do fracasso em criar um projeto social ao longo de sua gestão. Com impasses na folha orçamentária, o chefe de Estado disse manter o programa atual que passará por uma correção dos valores.


Segundo ele, as mensalidades que atualmente estão baseadas no valor de R$ 89 devem ser ajustadas para R$ 200. No entanto, o gestor não explicou se esse será o valor do teto do programa ou o mesmo permanecerá com acréscimos para considerar a situação de cada família.


Extensão do Bolsa Família

Outra iniciativa também anunciada por Bolsonaro foi aumentar o número de beneficiários.
Ele quer que parte dos segurados de auxílio emergencial participe da folha de pagamento do Bolsa Família.


De acordo com seus últimos relatórios, o Ministério da Cidadania deverá incluir novas 300 mil inscrições no programa de transferência de renda.


No entanto, ambas as propostas só podem ser implementadas definitivamente se o governo aplicar cortes em seus gastos. Com o novo planejamento, o bolsa família terá um aumento de 18% no orçamento público, o que significa que outras despesas de outros programas serão repensado.


Inclusão de outros benefícios

Bolsonaro também disse que está analisando a possibilidade de incluir outros benefícios no projeto. A ideia é que as famílias comecem a contar com adições das realidades vividas abaixo:


  • Auxílio creche mensal de R$ 52 por criança;
  • Prêmio anual de R$ 200 para alunos com as melhores performances;
  • Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000, para estudantes que se destacaram em ciência e tecnologia;
  • Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000, para alunos que obtivessem os melhores desempenhos em atividades esportivas;
  • Auxílio creche no valor de R$ 200 para mães matriculadas no Bolsa Família.