Governo libera Microcrédito do Bolsa Família de até R$ 15 mil em 2021. Entenda como funciona.

Imagem:Google

Quem é beneficiário do Bolsa Família e está precisando de dinheiro para fazer um pequeno negócio crescer, pode contar em 2021 com o Programa Progredir, uma linha de crédito facilitada aberta pelo governo federal.

Trata-se de um tipo de microcrédito produtivo para ajudar no aumento de renda.


O empréstimo do Bolsa Família também tem o objetivo de promover melhorias nas condições de moradia e educação das famílias assistidas pelo programa social. Para participar, os interessados devem atender algumas exigências. Veja abaixo quais são:


  • Famílias devem ter renda mensal inferior a R$ 170 por pessoa;
  • Crianças e jovens membros do grupo familiar, com idade entre 6 e 17 anos, devem estar matriculadas nas escolas;

Famílias devem participar das ações promovidas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para saúde da mulher.


Como funciona o empréstimo do Bolsa Família?

Caso o cidadão se encaixe nessas condições, a opção de empréstimo será possível pedir o empréstimo. Importante destacar que durante a contratação, é necessário que o beneficiário atenda outros requisitos, como;


  • Apresentar um fiador;
  • Permitir a visita de um fiscal do programa em sua residência;
  • Possuir renda própria validada em carteira assinada;
  • Além de apresentar comprovante de renda.
  • Taxas de juros e limite do empréstimo

Já sobre as taxas de juros cobradas no programa, elas são definidas levando em conta a renda do beneficiário, o valor que foi emprestado e também a quantidade de parcelas em que foram divididas a quantia pedida. Embora na média dos acordos o limite emprestado é de R$ 4 mil, esse valor pode chegar até R$ 15 mil.


Como solicitar o empréstimo do Bolsa Família?

Os interessados no empréstimo do Bolsa Família devem primeiro verificar se possuem direito de participar da linha de crédito. A consulta pode ser feita indo até uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima da sua residência. Caso seja confirmado o direito, o solicitante deve a partir daí:


  • Agendar a visita de um agente da Caixa Econômica Federal na sua residência, o fiador deve estar presente;
  • Depois da visita, é preciso aguardar até 8 dias para ser feita a análise de crédito pela Caixa;
  • Se o dinheiro for aprovado, aguarde o valor ser liberado pelo banco. O pagamento é realizado somente pela Caixa Econômica Federal;
  • Após o depósito, o empréstimo pode ser sacado a qualquer momento.

Vale ressaltar que apesar de todas as facilidades e benefícios do programa, o uso do crédito deve ser feito com atenção e planejamento para evitar endividamentos, inadimplência e assim a piora na situação econômica da família ao invés de ajudar nas condições de vida dela.


Para obter mais informações sobre a Microcrédito Produtivo oferecido para quem faz parte do Bolsa Família, acesse o site do Programa Progredir. 


(Empréstimo Bolsa Família)

1 Comentários

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem