Confirmado! Aposentados do INSS vão ter reajuste surpreendente no salário a partir deste mês; Confira quanto você vai receber!

Imagem: Reprodução / Google

Com o reajuste do salário mínimo de 2021 para R$ 1.100, os aposentados do INSS também terão reajuste no valor recebido a partir deste mês.

O aumento foi de R$ 55, ou 5,26% a mais do que o pago em 2020 (1.045).


O aumento do salário mínimo para R$ 1.100 foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no final de 2020 e superou todas as expectativas antes propostas pelo governo.


Esse aumento deve-se à melhora da economia no país, após vários meses de crise por causa da pandemia do Covid-19, que começou no Brasil em março. A recuperação gradual da economia veio após a flexibilização das restrições sociais e a abertura do comércio.


O reajuste está acima da inflação que fechou o ano em 4,3%. Com isso, este é o primeiro ano, após dois anos consecutivos em que o reajuste foi baseado na inflação, que o piso nacional terá um ganho real, mesmo que seja de 0,9%.



O pagamento dos aposentados do INSS que recebem até um salário mínimo é baseado no piso nacional.
Com isso, o reajuste anual também afeta o segurado do Instituto Nacional do Seguro Social que receberá mais R$ 55.


Assim, quem receber até um salário mínimo receberá, a partir deste mês, R$ 1.100. No entanto, aqueles que recebem mais do que o piso nacional terão um reajuste com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).


Esse índice visa corrigir o poder aquisitivo do piso nacional, com base em famílias com renda de 1 a 5 salários mínimos e o preço da cesta de consumo. No acumulado de 2020, o índice subiu 3,93%.


Diante desse cenário, a expectativa é que os beneficiários que recebem mais de um salário tenham um reajuste em torno de 4%, ou seja, será menor do que os demais segurados. É importante ressaltar que o INPC também é utilizado para definir o teto pago pelo INSS.


Assim, o valor máximo pago pelo Instituto passará de R$ 6.101,06 para R$ 6.345,10. No entanto, o Ministério da Economia prevê um aumento de 4,11% no INPC. Caso isso ocorra, o teto terá um reajuste de 4,10% a R$ 6.351,20

Fonte: Fdr

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem