Simples Nacional ; A Receita Federal está dando a oportunidade para os contribuintes devedores regularizarem os débitos.

Imagem: Google

A Receita Federal está dando a oportunidade para os contribuintes regularizarem dívidas. As mensagens começaram a ser enviadas na última sexta-feira (04) pelo Domicílio Fiscal Eletrônico do Simples Nacional.


Os donos de empresas optantes do Simples Nacional, que possuem dívidas, agora podem negociar suas dívidas. Como resultado, a Receita Federal passou a enviar uma mensagem aos contribuintes alertando sobre inconsistências nos valores declarados.


Isso ocorre quando as empresas declaram valores de receita bruta que não concordam com as notas fiscais emitidas. As mensagens da Receitam contêm os valores declarados pela empresa, por mês, e aqueles calculados em notas fiscais para os anos de 2018 e 2019.


A ideia é que com as mensagens orientam os contribuintes a se regularizarem antes do início das ações fiscais. Com isso, é possível evitar multas artesanais de até 225%. Além disso, evite enviar um crime de sonegação fiscal ao Ministério Público Federal.



As mensagens estão sendo recebidas através do Domicílio Fiscal Eletrônico do Simples Nacional - DTE-SN. Os contribuintes podem consultar o DTE-SN através do portal do Simples Nacional utilizando o certificado digital ou código de acesso.


Autorregulação do Simples Nacional

Ao receber notificação da Receita Federal o contribuinte deverá fazer a correção das declarações no PGDAS-D dos períodos indicados. Além disso, em caso de não entrega da declaração, as empresas realizarão a transmissão.



Os contribuintes devem seguir as diretrizes do Manual pgdas-D e defis a partir de 2018. Essas informações estão disponíveis no Portal do Simples Nacional.


Após essa etapa não é necessário enviar vouchers para a Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil, pois este é notificado automaticamente e online.


Ao fazer a retificação, os contribuintes devem pagar os valores devidos ou redoá-los. O pagamento em dinheiro pode ser feito mediante a emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) gerado no PGDAS-D.



Quem decidir dividir deve solicitar no Portal do Simples Nacional ou no e-CAC. É importante lembrar que após a notificação os contribuintes têm 90 dias para se autorregularizar.


Caso a empresa não concorde com a notificação e as informações apresentadas pela Receita, ela só deve aguardar a análise final que será realizada pelo RF.