Benefícios do INSS vão ter novos reajustes em 2021; Confira como vai ficar

Imagem:Google

A proposta orçamentária do governo federal para 2021 determina que o salário mínimo será de R$ 1.088.

O acréscimo de R$ 43 em relação ao valor atual, R$ 1.045, também é válido para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). 


Se o governo seguir a proposta de R$ 1.088 para o próximo ano, os atuais 35 milhões de aposentados e pensionistas terão um reajuste de 2,10% em 2021. O teto de pagamento passaria de R$ 6.101,06 para R$ 6.229,18.


Ganho real

Vale ressaltar que o aumento não é considerado um ganho real, ou seja, acima da inflação, uma vez que o salário mínimo atual de R$ 1.045 foi definido com base na inflação em 2019.
Portanto, o poder aquisitivo está estagnado.


Em 2019, o governo encerrou a política de reajuste real do salário mínimo. Agora, o valor salarial se limita à determinação da Constituição, que defende a preservação do poder aquisitivo do trabalhador. 


Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente, instituiu informalmente o ganho real do salário mínimo. Sem o real ajuste, o governo consegue algum alívio financeiro para o caixa da União, uma vez que o aumento do mínimo promove a correção automática dos benefícios previdenciários e assistenciais.