Veja os editais previstos para concursos públicos de bancos em 2021.

Imagem: Edital concurso públicos

A poucos dias de 2021, as expectativas são altas para os concursos que serão abertos no próximo ano. E se você sonha com uma carreira no setor bancário, você pode comemorar agora.

Há pelo menos três editais previstos, dois dos quais seriam realizados em 2020, mas foram adiados devido à pandemia, e o terceiro aguarda autorização do Ministério da Economia.


As instituições que devem lançar editais no próximo ano são o Banco do Brasil, o Banco Central (Bacen) e o Banco da Amazônia (Basa). A seguir, os preparativos para as competições de Banks 2021 são:


Concurso Banco do Brasil 2021

Inicialmente prevista para o primeiro semestre de 2020, a concorrência do Banco do Brasil (BB) foi adiada devido à pandemia e deve ser realizada no próximo ano. Segundo a instituição, o evento está em fase de estudos e planejamento, e "todas as informações serão amplamente divulgadas no lançamento de qualquer licitação, por meio de edital".


Conforme publicado pelo Estadão em agosto, serão oferecidas 120 vagas para a área de Tecnologia. No entanto, até agora, nenhuma posição foi especificada, nem os requisitos exigidos. 


A entrada no BB ocorre na carreira de balconista, que exige nível médio. Neste caso, há duas possibilidades. A primeira é abrir edital para preenchimento de vagas para o cargo, mas cobrando disciplinas de TI, como ocorreu no concurso de 2018. A outra opção é realizar um evento específico para a área, que é inédito na instituição.


O Estadão levantou a possibilidade da instituição fazer o primeiro aviso não exclusivo para os funcionários, o que ainda não foi confirmado pelo BB. Se isso ocorrer, é possível que um nível mais alto possa ser necessário para o cargo.


No concurso de 2018, a remuneração para a carreira de balconista com foco em TI foi de R$ 4.036,56. Uma novidade da próxima seleção é que os aprovados poderão escolher o local de trabalho, já que o banco avalia manter o home office, mesmo após a pandemia.


Concurso Bacen 2021

O Banco Central solicitou um edital com 260 vagas para o Ministério da Economia para 2021, e aguarda autorização da pasta para iniciar o evento. As oportunidades são para níveis médio e superior.


Desse valor, 30 vagas são para o cargo de técnico, cujo requisito é nível médio completo. A remuneração inicial é de R$ 7.741,31, incluindo auxílio alimentação no valor de R$ 458.


A maior oferta de vagas é para a carreira de analista. Ao todo, são 200 oportunidades para o papel, o que exige maior nível em qualquer área. O lucro é de R$ 19.655,06.


Ainda há 30 vagas para procurador do Banco Central. Neste caso, é necessário ter cursado direito, além de dois anos de experiência comprovada na prática forense.
Os aprovados poderão pagar até R$ 21.472,49.


Concurso Basa 2021

Entre os três concursos bancários previstos para 2021, o Banco da Amazônia deve ser o primeiro a sair. A instituição já definiu o número de vagas, cargos e bancas organizadoras, e com isso, o edital pode ser publicado até o início do próximo ano.


A Basa informou que a abertura do evento depende do andamento da pandemia, e que aguarda a liberação das medidas de controle sanitário da Covid-19, especialmente a reabertura das escolas, para a realização das provas.


O concurso Basa oferecerá cinco vagas para a carreira de técnico científico especializado em Tecnologia da Informação. Para competir, é necessário ser formado na área. O salário para a função será de R$ 3.145,78, além dos benefícios, e os aprovados trabalharão na sede do banco, localizada em Belém (PA).


A Fundação Cesgranrio foi a banca organizadora escolhida para o evento. Vale ressaltar que, embora sejam oferecidas apenas cinco vagas, a instituição pode convocar mais candidatos para a duração do concurso.