Concurso Senado Federal abre inscrição para 40 vagas previstas para 2021; Salários de até R$ 35 mil.

Imagem: Edital concurso do Brasil

O Senado Federal anunciou recentemente que, embora a comissão responsável pela elaboração do edital tenha sido revogada, a seleção destinada ao preenchimento de 40 vagas de níveis médio e superior é mantida.

No entanto, para a publicação da documentação necessária e aplicação dos testes a serem realizados, é necessária uma recuperação e melhoria do cenário pandêmico.


A agência anunciou que a decisão de invalidar a comissão examinadora foi motivada por questões orçamentárias devido à crise econômica causada pelo Covid-19. Além disso, a necessidade de isolamento social foi importante para a interrupção do concurso.


Os preparativos para o concurso do Senado devem retornar apenas no próximo ano. Ou seja, o evento será publicado durante o comando do novo presidente da Casa, já que a gestão de Davi Alcolumbre termina em janeiro de 2021.


Comissão revogada

Em 6 de julho, a comissão organizadora do Senado Federal havia finalizado a análise das propostas das bancadas examinados que estavam interessadas em administrar o concurso. 


Nesse sentido, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e Promoção de Eventos (Cebraspe), Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Desenvolvimento educacional, cultural e nacional (Idecan) continuaram na disputa.


Inicialmente, o Cebraspe havia anunciado que havia sido escolhido para organizar o concurso. No entanto, a informação não foi confirmada pela Assessoria de Imprensa do Senado. 


Progresso

Até o momento, a agência não assinou com a empresa organizadora. Roberto Ribeiro, presidente da Comissão de Análise de Concursos Públicos, argumenta que o conteúdo do programa foi reformulado e novas disciplinas foram adicionadas. 


Assim, aconselha que os candidatos ampliem seus conhecimentos sobre os materiais cobrados, além de conteúdos específicos da posição desejada. 


Novo concurso

O concurso do Senado Federal oferecerá 40 vagas para candidatos de nível médio e superior. As oportunidades incluem cargos de Analista Legislativo, Técnico Legislativo e Advocacia. 


Há chances para as seguintes carreiras: Advogado; Polícia Legislativa; e Analista Legislativo - Administração; Arquivamento; Assistente Social; Contabilidade; Enfermagem; Informática Legislativa; Processo Legislativo; Registro e Redação Parlamentar; Engenharia de Trabalho e Engenharia Eletrônica e Telecomunicações.


As carreiras legislativas podem ter remuneração de R$ 18.591,18 a R$ 35.114,14. Os candidatos aprovados estarão lotados em Brasília (DF).