Veja as mudanças para dar entrada na aposentadoria do INSS em 2021.

Imagem: Google

As principais mudanças estão nas regras de transição, ou seja, nas regras que permitem ao segurado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) se aposentar antes da idade mínima estabelecida pela Previdência Social.


Em novembro de 2019 foi aprovada a Reforma da Previdência Social e, com ela, trouxe mudança na forma como o INSS pecou segurados para se aposentar. Entre as mudanças, estão as regras de transição que mudam a cada ano.


As regras de transição são destinadas aos segurados do INSS que já contribuem para a agência antes da reforma, mas que ainda não têm tempo de se aposentar. Assim, a intenção é que esses trabalhadores possam se aposentar antes da idade mínima.


É importante lembrar que com a Reforma da Previdência a idade mínima para entrar na aposentadoria agora é de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. Com isso, este grupo pode escolher a maneira mais vantajosa.


Além disso, se o segurado já tinha os requisitos para se aposentar antes de 13 de novembro do ano passado, mas ainda não havia feito o pedido ou feito após a aposentadoria, terá direito às regras antes da reforma, ou seja, seus direitos serão garantidos.


Segundo o advogado especialista em Direito Previdenciário e sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, João Badari, o segurado precisa estar atento às principais mudanças para o próximo ano.


O advogado explica sobre a transição por sistema de pontos, em que o trabalhador deve atingir uma determinada pontuação, de acordo com a soma de sua idade e tempo de contribuição. Atualmente, o número é de 87 para mulheres e 97 para homens.


Esse valor deve respeitar o tempo mínimo de contribuição de 35 anos para homens e 30 anos para mulheres. Essa modalidade prevê um aumento de 1 ponto aa a cada ano, com o limite de 100 para as mulheres em 2033 e 105 para os homens em 2028.


No próximo ano, o número aumentará para 88 pontos para as mulheres e 98 para os homens. Então imagine a seguinte situação, se uma mulher tiver 58 anos e tiver 30 anos de contribuição pode se aposentar. O homem deve ter 63 anos e 35 anos de contribuição para entrar na aposentadoria.