Vocalista da banda Roupa Nova, Paulinho, morre após diagnóstico de covid.

Imagem: Instagram

Paulo César Santos, mais conhecido como Paulinho, morreu na noite desta segunda-feira (14).

O vocalista da banda Roupa Nova havia sido diagnosticado com Covid-19, e estava internado Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D'or, na Zona Sul do Rio. 


A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da banda e pela unidade de saúde ao G1 Rio de Janeiro. O hospital disse ao portal que ainda não tem autorização da família para divulgar mais detalhes.


Paulinho, de 68 anos, foi internado com Covid-19 no mês passado. Antes disso, em setembro, o cantor tinha passado por um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma. Ele respondeu bem ao tratamento, mas depois precisou ser novamente internado para tratar a Covid.


Mais cedo, em uma postagem no perfil do Instagram, a banda havia dito que o estado de saúde Paulinho era delicado. "Boa tarde pessoal, recebemos novas notícias do nosso querido Paulinho e viemos compartilhar com vocês. Ele segue hospitalizado na UTI (não COVID), agora em estado delicado e precisando de cuidados mais específicos. Vamos continuar orando e mandando pensamentos positivos. Obrigado a todos por tanto carinho", diz o texto.


Paulinho faz parte do Roupa Nova desde a formação inicial da banda em 1980 e durante sua carreira chegou a fazer parcerias com grandes nomes da música, como Chitãozinho e Xororó, Ivete Sangalo e Elba Ramalho. 


Em 2009, o grupo recebeu o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro. Além disso, as canções da banda já foram trilha sonora de várias novelas, uma das mais famosas 'Dona', 'Coração Pirata' e 'Amar É'.

Fonte: IBahia