O abono salarial de 2 mil reais ainda em sai em 2020 ?

Imagem / Google

QUEM NÃO FICARIA FELIZ SE VOCÊ FOSSE APOSENTADO E GANHASSE NADA MENOS QUE UMA MESADA DE $2.000? NO ENTANTO, TEMOS QUE TER MUITO CUIDADO COM AS INFORMAÇÕES DE DISTORÇÃO QUE ESTÃO OCORRENDO NA WEB.

Assim, evitamos situações desagradáveis onde criar falsas expectativas, trazer grandes consequências para os aposentados. Sendo, especialmente questões emocionais, devem ser preservadas.


Lembramos então que quando a pandemia se enraizou no país, ninguém imaginou que passaria por um longo período de tempo.  Assim, várias medidas sociais tiveram que ser tomadas para cuidar da população e prevenir situações de risco.


Quando pensamos em aposentados, então vemos um grupo que além de ser um risco para o Covid-19, também está em uma condição de ter apenas uma renda fixa, para sobreviver. Assim, nem sempre isso tem um alto valor, o que auxilia nas necessidades básicas.


Assim, foram criados diversos projetos e propostas, visando melhorias nessa questão. De certa forma, em meio a toda essa agitação veio o subsídio extra no valor de 2 mil reais, que está sob análise do Senado Federal.


A proposta veio através do senador Paulo Paim, com a intenção de beneficiar aposentados, BPC e pensionistas do INSS com um subsídio extra. No entanto, a justificativa apresentada pelo mesmo é obter apoio para aposentados financeiramente vulneráveis.


Paim também citou que esse grupo está mais exposto devido ao cenário de calamidade pública, causado pelo vírus corona pandemia.


O projeto foi registrado em 19 de julho de 2020 e ainda está sob investigação da CDH do Senado Federal. Sendo assim, a base visa atender a todos que recebem até 3 salários mínimos.


Deve-se notar que quando uma proposta legislativa excede o montante de 20.000 votos na plataforma e-Cidadania, ganha um valor de sugestão. Para que, nesse cenário, onde o projeto transbordou a marca de 26 mil assinaturas, seja avaliado pelos senadores.


Quem deve ser capaz de fazer do abono salarial de 2.000 reais uma realidade?


Todo o processo está nas mãos do senador Paulo Paim. Dessa forma, ele, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal, deve dar sua opinião sobre a sugestão popular.


Espera-se que a mesma análise, todas as questões rapidamente. O objetivo é que até dezembro isso já esteja em vigor, e auxiliando todos os aposentados.


O abono salarial de 2.000 reais será oferecido pela Previdência Social a aposentados e pensionistas com mais de 65 anos de idade. No início, isso deve ter alguma deficiência, ou renda comprovadamente baixa.


Isso porque o subsídio visa garantir a alimentação na mesa, daqueles que não são capazes de se sustentar no meio da pandemia. Portanto, proporcionará um meio de subsistência mais justo e qualificado.


Alguns aposentados ainda não estão dentro do grupo de risco. No entanto, eles não receberão o abono salarial de 2.000 reais se for aprovado.


Como ainda é uma sugestão, é possível lutar por mais brasileiros para fazer parte desse benefício. Portanto, poderia cobrir muito mais aposentados.


Tudo depende de uma luta do próprio povo, que deve abrir um pedido e iniciar o voto popular. Sendo que, se exceder o número mínimo de assinaturas, essa alteração pode ser feita pelos senadores.


Conduíte, sem o mesmo, a situação do grupo receptor será mantida. Em suma, é claro que só será assim, se o subsídio for aprovado.


Não se esqueça de lutar por seus direitos se quiser receber essa proteção.
Em uma declaração, tal solicitação pode ser feita e repassada por qualquer membro do


Para acompanhar o resultado do abono de 2.000 reais, basta seguir o site oficial do governo e nas redes sociais que falam de cidadania. Portanto, é possível conhecer o resultado dessa sugestão.


Confie apenas na mídia oficial, e não caia na Fake News espalhada pela web. Assim, sua organização financeira não dependerá de falsas promessas. No entanto, será possível pressionar os senadores para torná-lo realidade.


Ainda em análise, o prazo máximo para o desdobramento da situação é dezembro desse ano, essa medida deve contar com o apoio do presidente do Brasil e aguarda uma definição oficial.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem