Restituição do IRPF 2020 ainda não foi paga? Consulte se caiu na malha fina .


A Receita Federal liberou o quinto e último lote da restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O último pagamento começou em 23 de outubro e os valores estão disponíveis por um ano. Se o seu reembolso ainda foi pago, verifique se você caiu na malha fina da Receita. 


A malha fina consiste em uma revisão sistemática das declarações de imposto de renda feitas pela Receita Federal. Segundo a Receita, no período referente às declarações de 2020, mais de 1 milhão de pessoas caíram na malha. 



Como ver se está na malha fina do IRPF

A verificação da situação e as pendências podem ser consultadas no Centro de Atendimento à Receita Federal (e-CAC). Após o acesso, digite seu número do CPF, código de acesso e senha.


No menu à esquerda, clique em "Meu Imposto de Renda (Declaração da DIRPF)". Dentro da tabela "Processamento", vá para "Mesh Backlogs". Você será informado se houver alguma pendência. 


Você pode gerar o código de acesso no próprio site da Receita. Insira CPF, data de nascimento e número de recibos de entrega para as declarações de IR dos últimos dois anos. 


Se o contribuinte não comparecer como titular em qualquer declaração nos últimos dois exercícios fiscais, não é possível gerar o código de acesso. Se a declaração de retificação tiver sido submetida, você deve usar o número de recebimento para a retificação. 


Imposto de Renda

O Imposto de Renda existe desde 1992, sendo um imposto federal que cobra uma taxa sobre os ganhos do brasileiro. A declaração deve ser feita anualmente pelos cidadãos e entregue ao governo, que monitora a evolução dos bens do contribuinte.


Como base para o cálculo, utiliza-se o rendimento que o contribuinte recebeu no ano anterior. Isso ajudará na definição do valor que será pago.


Quem declarou o imposto de renda foram as pessoas que ganharam mais de R$ 28.559,70 no ano passado, entre salário, aposentadoria e aluguel.


Aqueles que ganharam mais de R$ 40 mil são isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano, como indenização trabalhista ou poupança, ou ganharam com a venda de mercadorias.


A declaração também precisa ser feita por contribuintes que compraram ou venderam ações na Bolsa de Valores.


Se receberam mais de R$ 142.798,50 na atividade rural, há prejuízo rural a ser compensado no ano civil de 2019 ou nos próximos anos.


Contribuintes que possuem bens superiores a R$ 300 mil; ou mudou-se para o Brasil em qualquer mês de 2019 e ficou aqui até 31 de dezembro.


E ainda assim, se ele vendeu um imóvel e comprou outro dentro de 180 dias, usando a isenção do IRPF no momento da venda.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem