Veja se vc tem direito ao lote residual da restituição do IRPF 2020 .

Imagem: Google

A Receita Federal abriu nesta segunda-feira (23), a partir das 10h, a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda (IRPF 2020) para o mês de novembro.

Os 198.967 contribuintes terão mais de R$ 399 milhões em crédito. O depósito será realizado em 30 de novembro.


Desse valor total, os contribuintes que têm prioridade jurídica têm direito a R$ 143,8 milhões.


Esse valor se refere a 26.599 contribuintes de 60 a 79 anos, 3.559 acima de 80 anos, 12.312 que têm como principal fonte de renda o magistério e 2.924 com alguma deficiência física.


Também estão incluídos 153.573 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até 12 de novembro deste ano.

O interessado pode fazer a consulta através do site oficial da Receita Federal ou pelo telefone 146.


No momento da consulta, o contribuinte saberá se foi agraciado com o valor a ser recebido, se a declaração está na fila de restituição — aguardando a liberação dos valores nos próximos meses — ou se está em processamento ou na fila.


Neste último caso, indica a possibilidade de alguma inconstância nas informações. Portanto, a pessoa terá a opção de realizar a revisão. No entanto, a razão para a situação em questão pode ser por um fator diferente.


Para verificar a inconsistência de dados identificada pelo processamento, basta consultar o Portal e-CAC e acessar a opção Meu Imposto de Renda.


Com isso, o contribuinte poderá avaliar o problema e realizar a regulamentação, através da entrega de uma declaração retificadora.


Outro caso

Se o contribuinte teve a restituição do Imposto de Renda liberada, mas não teve o valor creditado, poderá agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco, pelo Call Center, através de um desses números:


  • 4004-0001 (para capitais);
  • 0800-729-0001 (para outros locais);
  • 0800-729-0088 (telefone especial exclusivamente para deficientes auditivos).

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o valor não for resgatado no prazo de um ano, você precisará se inscrever através do Portal e-CAC, no Serviço de Imposto de Renda.