Banco Caixa lança cartão de crédito para os segurados do INSS; Veja como obter.

Imagem: Google

A Caixa Econômica Federal lançou um cartão de crédito voltado para beneficiários do INSS, que hoje são mais de 33 milhões de clientes.

Inicialmente, o produto estará disponível apenas nas agências de Brasília, mas o objetivo da instituição é expandi-lo para o resto do país, incluindo o Rio de Janeiro.


O banco planeja vender pelo menos 10 milhões de cartões de folha de pagamento nos próximos quatro anos.


Cartões desse tipo já são oferecidos por instituições do país e funcionam como um empréstimo consignado tradicional, mas podem ser usados como cartões de crédito convencionais, com uma diferença: o pagamento mínimo da fatura é des faturado diretamente na folha.


Segundo dados recentes do Banco Central (BC), o setor de crédito consignado movimenta no país, mais de R$ 340 bilhões em empréstimos.


O cartão da Caixa terá um limite pré-estabelecido de 1,4 vezes o valor do benefício. Um aposentado que ganha cerca de R$ 1.000 por mês, por exemplo, terá direito a um limite de crédito de R$ 1.400.


Ao contratar o produto, o beneficiário tem a opção de receber todo o valor em conta corrente, como ocorre em um empréstimo, ou deixar a agência com o valor em mãos para usar nas compras.


O valor da parcela não pode exceder 5% do benefício. Um aposentado que tem um salário de R$ 1, portanto, a fatura será de no máximo R$ 50.


Esse valor será descontado diretamente do benefício e o restante do valor será financiado a uma taxa de 2,85% ao mês.


A taxa é superior à média de um empréstimo consignado, que hoje está em torno de 1,8%.


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães diz que o lançamento do produto não tem o risco de estimular a inadimplência, pois o crédito consignado costuma ser solicitado por pessoas que já possuem outros tipos de dívida.

"Quando a população não faz o crédito aqui, ela vai ao virar da esquina pagando 20% ao mês", disse ele.


Novos produtos serão oferecidos pela Caixa

O lançamento do cartão de crédito destinado aos beneficiários do INSS faz parte da estratégia da Caixa de aumentar a oferta de produtos aos seus mais de 100 milhões de clientes.


Para isso, o banco público também quer turbinar a estrutura de seus 8.500 correspondentes exclusivos e 13.000 casas lotéricas.


A ideia é oferecer, ainda em 2020, opções de crédito aos servidores públicos da União, estados e municípios e até mesmo aos trabalhadores de empresas privadas. Os interessados não precisarão ser cliente de caixa para ter acesso.