Receita Federal vai notificar por carta mais de 300 mil cidadãos que caíram na malha fina do IR 2020.

Imagem: Reprodução / Google

A Receita Federal está de olho em mais de 300 mil contribuintes que caíram na malha fina do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020, ano-base 2019.
Esses contribuintes que têm inadimplência junto ao órgão estão recebendo cartas informando-os de irregularidades.


Ao todo, segundo a Receita Federal, 334 mil cartas estão sendo enviadas para pessoas de todo o Brasil. Os contribuintes que tiverem indícios de inconsistências em suas declarações do IRPF e que possam se auto regularizar, receberão o documento em suas residências.


"Trata-se de uma ação que visa incentivar os contribuintes a verificarem o processamento de suas Declarações de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) e, caso encontrem erro nas informações declaradas ao Fisco, forneçam correção", informou a Receita Federal. 


A malha fina consiste em uma revisão sistemática das declarações de imposto de renda feitas pela Receita Federal. Segundo a Receita, no período referente às declarações de 2020, estima-se que mais de 1 milhão de pessoas caíram na malha. 


Como ver se está na malha fina do IRPF

A verificação da situação e as pendências podem ser consultadas no Centro de Atendimento à Receita Federal (e-CAC). Após o acesso, digite seu número do CPF, código de acesso e senha.


No menu à esquerda, clique em "Meu Imposto de Renda (Declaração da DIRPF)". Dentro da tabela "Processamento", vá para "Mesh Backlogs". Você será informado se houver alguma pendência. 


Você pode gerar o código de acesso no próprio site da Receita. Insira CPF, data de nascimento e número de recibos de entrega para as declarações de IR dos últimos dois anos. 



Se o contribuinte não comparecer como titular em qualquer declaração nos últimos dois exercícios fiscais, não é possível gerar o código de acesso. Se a declaração de retificação tiver sido submetida, você deve usar o número de recebimento para a retificação. 


Imposto de Renda

O Imposto de Renda existe desde 1992, sendo um imposto federal que cobra uma taxa sobre os ganhos do brasileiro. A declaração deve ser feita anualmente pelos cidadãos e entregue ao governo, que monitora a evolução dos bens do contribuinte.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem