Saiba como evitar Golpes na nova plataforma PIX.


O novo sistema de pagamento do Banco Central, Pix, será lançado em 16 de novembro. Com ele, será possível fazer pagamentos através de QR code. No entanto, é necessário estar atento ao efetuar o pagamento. Para isso, criamos algumas dicas que podem ajudá-lo a não cair em golpes envolvendo o sistema.


Em primeiro lugar, você precisa saber os tipos de código QR que existem. Existe a possibilidade de usar código estático que pode ser usado para vários pagamentos. E a dinâmica para um único pagamento. 


Segundo o Banco Central, o código QR estático permite ao destinatário definir um valor fixo para um produto e também a inserção de um valor pelo pagador.


Para a dinâmica, segundo o Banco Central, é possível incluir outros dados e informações no código, como a identificação do destinatário. A expectativa é que esse tipo de código seja mais utilizado em compras online, por e-commerces ou taxas mais formais.


Para não cair em golpes, com o Pix será possível apenas gerar um código QR e repassá-lo sem todas as informações pessoais. Com isso, os seus são mais seguros. Basta ler o código para que a transação seja feita. 


Como funcionará a Pix?

Segundo o Banco Central, as transações podem ser realizadas a qualquer hora do dia, todos os dias do ano. Com isso, a transferência de valores e o pagamento de contas e boletos dispensarão o uso de cédulas e cartões. Tudo pode ser feito através do dispositivo móvel.


Tudo vai funcionar assim: os usuários da Pix precisam ter uma conta digital em uma instituição financeira. Sim, o sistema será integrado às aplicações dos bancos. 


Cada cliente terá um registro com uma chave de acesso pessoal. Até agora, as instituições financeiras estão apenas pré-registrando seus clientes. As inscrições começaram a ser feitas, de fato, no dia 5 de outubro. 


Os clientes poderão se cadastrar como chave de acesso ao CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou até mesmo um código aleatório. 


As transações serão realizadas principalmente usando código QR. Para isso, o usuário deve ter um dispositivo móvel com câmera para realizar a leitura do código.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem