Mulher quase perde totalmente a visão após usar lentes de contato.


A cada tempos que ocorre, estamos muitos preocupados com os cuidados que temos com a nossa aparência, hoje a indústria de cosmético vem crescendo mais e mais a cada dia por ter usuários dedicados a se manter  rejuvenescidos, e manter essa boa 
aparência para outras pessoas.


 Entretanto não é só a indústria de cosmético que vem se destacando mas também a indústria de lentes de contato para correção de grau, são mais de 8,4 milhões de usuários em todo pais, os dados são da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria e mostram ainda que, por estética, no Brasil mais de 500 mil pessoas utilizam lentes.


Portanto existem muitos perigos além da estética para aqueles que não sabem higienizar, usar as lentes de contato  de forma incorreta, portanto vamos relatar o caso de uma mulher chamada charlotte  dos EUA que por pouco não perdeu totalmente a visão por um simples descuido de não higienizar e de não guardar de forma correta suas lentes de contato.


Uma mulher de 25 anos identificada como Charlotte Clarkson. Ela foi diagnosticada com uma doença parasitária rara. O incidente aconteceu na capital escocesa de Edimburgo. 


De acordo com a mídia local, Charlotte trabalhou como diretora em um acampamento de verão no Canadá. Ela usa uma lente modificada e, como de costume, desde os 13 anos, coloca a lente à noite depois de lavar com água. Quando acordou, notou que tinha algum tipo de "grão de areia" nos olhos. 


Ela tentou cuidar e era resistente a drogas com colírios, mas a situação piorou. Charlotte foi inicialmente diagnosticada com reumatismo no vírus herpes simplex. Ela foi diagnosticada com doença de Keratis por protozoário.


Parasitas são frequentemente encontrados no solo e na água da torneira. De acordo com o Jornal Britânico Daily Mail, insetos corrosivos da córnea causam dor intensa, sensibilidade extrema e pelo menos um quarto dos casos de cegueira.


Em entrevista ao Daily Mail, ela disse que seus olhos eram um pouco generosos de luz e que ela foi deixada por três dias no escuro. "Eu estou preso na minha casa e eu não vou poder sair. Eu não podia nem assistir a um filme ou lê-lo porque o mundo era realmente brilhante demais para mim", disse Charlotte.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem