Programa Bolsa Família: Veja o calendário com os pagamentos desta semana.


O Bolsa Família é um programa de transferência de renda voltado para brasileiros em situação de pobreza e extrema pobreza em todo o Brasil. Por meio do programa, as famílias têm direito à alimentação e acesso à educação e saúde.

Confira o calendário de pagamentos da última semana de outubro.


Em todo o país, são mais de 13,9 milhões de famílias atendidas pelo Bolsa Família. Os valores do benefício oferecido pelo programa são repassados mensalmente. Para participar, no entanto, os beneficiários precisam cumprir alguns deveres.


Calendário de pagamento 

Para efetuar os pagamentos, a Caixa utiliza o número final do Número de Identificação Social (NIS). 


Eles já foram pagos:

19 de Outubro - NIS final 1 

20 de Outubro - NIS final 2

21 de Outubro - NIS final 3

22 de Outubro - NIS final 4

23 de Outubro - NIS final 5


Você ainda será pago:

26 de Outubro - NIS final 6

27 de Outubro - NIS final 7

28 de Outubro - NIS final 8

29 de Outubro - NIS final 9

30 de Outubro - NIS final 0

Lembrando que o valor de R$ 300 que os beneficiários estão recebendo refere-se ao auxílio emergencial residual do Governo Federal.


Esta é a segunda parcela do benefício para quem está inscrito no Bolsa Família. Os valores serão pagos até dezembro. 


Quem recebe o Bolsa Família no valor de mais de R$ 300 reais voltou a receber o valor normal referente apenas à Bolsa de Valores desde setembro.


Quem pode participar do Bolsa Família?

Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza são o público-alvo do programa. Para isso, são consideradas algumas características específicas na composição familiar.  


Famílias extremamente pobres são aquelas com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.


Aqueles enquadrados como pobres participam do programa, desde que tenham gestantes em sua composição. E crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.


Caso a família possa se candidatar ao Bolsa Família, é necessário que a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal esteja ativa. Os dados do CadÚnico devem estar atualizados há pelo menos dois anos. 


Se você cumprir as regras para participar do programa e não estiver matriculado no CadÚnico, basta procurar a prefeitura de sua cidade. No setor responsável pela regularização municipal do Programa Bolsa Família, todas as orientações necessárias serão repassadas. 


Mantenha seus dados sempre atualizados informando a cidade sobre qualquer mudança de endereço e número de telefone de contato e alterações na constituição de sua família, como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, etc.


A inscrição é um dos pré-requisitos, mas estar cadastrado não significa que será automaticamente incluído no programa.


As famílias selecionadas para participar do Bolsa Família são selecionadas mensalmente pelo Ministério da Cidadania.


Para saber se você foi incluído no Programa, veja aqui a lista das famílias beneficiárias ou procure o órgão responsável pelo Programa na prefeitura.