Caixa Econômica Federal autorizou cerca de R$ 25 bilhões em crédito para Pequenas e Micro empresas; Veja como solicitar.

Imagem : Reprodução / Google

Em meio às dificuldades causadas pela pandemia coronavírus, várias empresas tiveram que recorrer aos valores disponibilizados pela Caixa. O valor distribuído às micro e pequenas empresas foi de R$ 25 bilhões.

No total, cerca de 200 mil empresas utilizaram o recurso. Entre as linhas de crédito disponíveis, o Pronampe foi o que mais ofereceu contrato.


O montante de R$ 25 bilhões foi alcançado na quarta-feira (21). Desse total, R$ 12 bilhões vieram do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Pequenas Empresas (Pronampe). O banco começou a operar a linha a partir de 16 de junho.


Logo depois, a linha que mais disponibilizou o empréstimo foi o Fundo garantidor de investimentos (IGP), com valor de R$ 10,5 bilhões. As empresas que utilizam esse serviço têm até 60 meses para efetuar o pagamento.


A taxa de juros está disponível a uma taxa de 0,63% ao mês. A necessidade pode variar de 6 a 12 meses.


A terceira opção que mais emprestou dinheiro para micro e pequenas empresas foi por meio do Fundo de Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que tem parceria com o Sebrae. O valor oferecido foi de R$ 2,5 bilhões.


Como benefícios, a linha, de forma complementar, pode garantir até 80% da operação de crédito contratado. Esse percentual dependerá do tamanho do negócio da empresa, além da modalidade de financiamento.


Opções para contratar as linhas de crédito

Entre as opções de linhas de crédito, o Pronampe já teve o limite atingido. Caso o representante da empresa queira buscar empréstimo em alguma dessas disponíveis, poderá realizar a ação pelo site da Caixa. Ao acessar, a pessoa deverá preencher o formulário de interesse ao crédito.

Caso a Caixa considere a empresa em condições de contratar o financiamento, o banco entrará em contato. Além do meio virtual, o interessado poderá realizar a solicitação presencialmente, por meio das agências Caixa.