Black Friday: Compras pela internet devem ficar em alta e subir 27% ainda neste ano.


 
As vendas pela internet devem crescer 27% na Black Friday deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019.
Se as expectativas forem atendidas, o resultado aumentará o desempenho do e-commerce em 38% para o ano de 2020, segundo dados da Ebit Nielsen, empresa de medição e análise de dados.


As previsões para a data, previstas para o final de novembro, superam todo o desempenho do e-commerce no ano passado. Segundo a Ebit Nielsen, a receita de vendas online cresceu 16,3% em 2019, atingindo R$ 61,9 bilhões. A Black Friday registrou aumento de 23,6%, atingindo R$ 3,2 bilhões.


"Os números para 2020 são muito significativos porque refletem a adaptação do consumidor às compras online. Devido à pandemia, o e-commerce tornou-se um porto seguro, substituindo de forma eficiente e praticamente o ambiente físico", disse a líder da Ebit Nielsen, Júlia Ávila.


Apesar das perdas econômicas no início da pandemia, alguns fatores sinalizam um processo de retomada, especialmente neste último trimestre do ano. Segundo Ebit Nielsen, a inflação mais baixa influenciou o consumidor brasileiro e o ajudou a recuperar a confiança para comprar nos últimos meses.


Além da inflação baixa, a criação de contas digitais para o pagamento de auxílio emergencial contribuiu para a habituação da população às compras online.


No caso da Black Friday, a confiança do consumidor de que as promoções divulgadas são, de fato, reais, também foi apontada como um aspecto favorável a um maior movimento do e-commerce no período.


Antecipação de ofertas

Com o objetivo de reduzir possíveis aglomerações durante a Black Friday, a Via Varejo, dona das Casas Bahia e Ponto Frio, decidiu antecipar e estender o evento. Desde a última sexta-feira (23) essas negociações iniciaram promoções.


A diretora de Marketing e Comunicação Multicanal da Via Varejo, Ilca Sierra, disse que a ideia é que sejam anunciadas ofertas e vantagens para o consumidor, como frete grátis e entrega muito rápida. "Nossa campanha no ano passado foi vista como a mais lembrada pelos consumidores", acrescenta.


As promoções terão duração de 40 dias — até 27 de novembro e podem ser encontradas não só em lojas físicas, mas também através de plataformas digitais. Além disso, a empresa garante que não haverá flutuação de preço.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem