Criança de 4 anos morre intoxicada após pai ameaçar de explodir casa.


Uma criança de quatro anos morreu embriagada em Pojuca, região metropolitana de Salvador, nesta segunda-feira (19).
O principal suspeito do assassinato é o pai do garoto que supostamente agiu por vingança por não aceitar o fim do relacionamento com a mãe da vítima. As informações são do jornal CORREIO.


De acordo com a investigação do CORREIO, ontem de manhã a mãe da criança foi até a sede da 32ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pojuca) e pediu ajuda, pois havia recebido uma ligação do suspeito ameaçando matar a criança e explodir a casa onde estavam. Eles compartilhavam a custódia do garoto.


Quando chegaram ao local da denúncia, o local estava cheirando muito a cozinha e o homem estava ameaçando explodir a casa que estava com a criança. Os agentes tentaram negociar com o suspeito, mas em certo momento ele parou de responder e os PMs forçaram a entrada na residência. Encontraram o pai e o filho inconscientes.


Ambos foram levados para o hospital da cidade, mas as crianças não resistiram e acabaram morrendo. O acusado está sob custódia, mas será encaminhado para a delegacia de Pojuca.