Detalhes do novo Pagamentos via WhatsApp ficará disponíveis em novembro. Veja.


Os consumidores podem ganhar um novo método de pagamento já em novembro.
O WhatsApp, uma das maiores redes sociais do mundo, poderá iniciar um sistema de pagamento em breve, o WhatsApp Pay, como esperado por Paulo Caffarelli, diretor executivo da Cielo.


A declaração ocorreu em teleconferência na quarta-feira (29), com a divulgação dos resultados trimestrais da Cielo. Para que o sistema de pagamento da empresa funcione definitivamente no país, será necessária autorização regulatória.


Em junho deste ano, o aplicativo havia anunciado a operação do serviço de pagamento aos usuários da plataforma. No entanto, a ação foi suspensa pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pelo Banco Central (BC).


Apesar do impasse, a operação na fase de testes foi autorizada.

Naquele momento, o argumento do Cade para a dificuldade em liberar o sistema no Brasil seria por causa da grande barreira que os concorrentes teriam.


Outro ponto levantado foi que os usuários teriam uma redução de escolha.

Do lado do Banco Central, a instituição havia solicitado mais informações sobre o sistema. A questão da concorrência também foi citada, além do possível problema com a privacidade dos usuários nesta nova forma de pagamento.


Projetos do WhatsApp

Por meio de seu blog, o WhatsApp anunciou que está investindo em algumas áreas. Na parte de compras, as pessoas poderão conferir os produtos e finalizar as compras na parte da conversa.


A ideia também seria integrar recursos nas formas de vendas e serviços que as empresas já utilizam.


Outro projeto da empresa incluiria a ampliação de parcerias com provedores de soluções de negócios, além de oferecer às empresas a gestão de mensagens whatsApp por meio de serviços de hospedagem que ocorreriam através do Facebook.


Finalmente, alguns serviços pagos seriam incluídos para as empresas. Apesar desse serviço com faturamento, o WhatsApp ressalta que continuará oferecendo serviços gratuitos, como mensagens e chamadas de voz e vídeo.


"Acreditamos que todas as mudanças no WhatsApp atendem às reais necessidades de pessoas e empresas em todo o mundo. Estamos entusiasmados com todos esses projetos e lançaremos esses serviços nos próximos meses", conclui.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem