A nova plataforma de pagamentos PIX poderá fazer bancos diminuírem seus lucros em até 8%.


Na quarta-feira (7), a agência Moody's revelou que os bancos poderiam ter até 8% das perdas financeiras por conta das taxas oferecidas pelos sistemas de pagamento bancário Pix, com um lucro de cerca de US$ 35 bilhões no ano passado.


O motivo da perda será porque os bancos cadastrados no sistema costumam cobrar uma taxa fixa em transferências entre contas individuais. No entanto, o Banco Central (Banco Central) estabeleceu que uma pessoa ou idoso incorrerá em taxas adicionais durante o uso. O resultado é que confirma a perda que escapa a esta estimativa.


Desde 2017, as transações ted aumentaram 31%, com potenciais transações de clientes no novo sistema de pagamento potencialmente diminuindo outros modelos tradicionais.


"Nos 12 meses até junho de 2020, esperamos que os bancos percam até 8% da receita de taxas devido a renúncias de liberação de outos", apontou.


Além disso, a agência ressalta que as instituições financeiras tendem a cobrar taxas de transação imediatamente e, portanto, a Pix pode representar uma perda nas transações individuais, para permitir pagamentos de bancos, que têm maior potencial de uso do que na aplicação de pagamentos instantâneos.


"As instituições financeiras com produtos Pix ainda poderão cobrar taxas de empresas que recebem ou pagam via Pix, mas não esperamos que isso fique sem taxas para cada transação", disse a empresa em comunicado.


Milhões se inscreveram esta semana.

O sistema Pix será executado oficialmente em 16 de novembro, mas o registro foi liberado a partir desta semana. Somente nos três primeiros dias, o BC contabilizou 16,6 milhões de registros. No dia (7) houve um registro de 6,5 milhões de pessoas cadastradas.


O sistema proporcionará diversos benefícios aos inscritos, como a possibilidade de transações instantâneas e transferências 24 horas por dia, 7 dias por semana. Todas essas ações podem ser feitas diretamente a partir de um celular, de modo que a Pix proporciona menos comodidade e economia de custos para os usuários.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem