BENEFÍCIOS É possível sacar o FGTS do falecido? Veja como solicitar.


Todos os meses, a empresa deve fazer o depósito do FGTS ao trabalhador com carteira assinada. Esses valores são depositados em conta na Caixa Econômica.


Entretanto, existem situações específicas em que você pode sacar os valores dessa conta na Caixa.

Entre essas razões, é possível fazer o fgts da pessoa falecida.


QUEM PODE SOLICITAR O FGTS DE PESSOA FALECIDA?

O FGTS do familiar falecido pode ser solicitado pelas mesmas pessoas que têm direito à pensão por morte.


Se você não tem nenhum herdeiro com direito à pensão, você deve ter duas declarações registradas em um cartório:


declaração de todos os herdeiros afirmando que eles concordam com o início;

assinado por esses herdeiros atuais afirmando que não há outros herdeiros.

Assim, desde 2019 o saque é mais simples, pois não precisa mais de uma decisão judicial, a menos que haja dúvidas sobre os herdeiros.


COMO FAZER O SAQUE DO FGTS DA FAMÍLIA FALECIDA?

Você deve ir até a agência da Caixa Econômica Federal e apresentar os seguintes documentos:


Documento de identidade do sacador (quem fará o saque);

  • Número de inscrição do PIS do trabalhador falecido ou número de registro do contribuinte individual do INSS;
  • A carteira de trabalho do trabalhador falecido ou outro documento que comprove a relação de emprego;
  • Certidão de nascimento ou documento de identidade e CPF de dependentes menores, pois uma conta poupança será aberta em nome dos herdeiros menores;
  • Declaração de dependentes com direito ao recebimento da pensão por morte, emitida pela Previdência Social; Ou
  • Decisão judicial/licença com o registro dos dependentes do trabalhador ou Escritura Pública de Inventário; Ou
  • Declaração de todos os herdeiros afirmando que eles concordam com o saque e mesmo que não há outros herdeiros.
  • Nos casos em que não há processo de inventário em tribunal ou notário, é possível que você tenha dificuldade em realizar o saque.


No entanto, de acordo com uma mudança na lei em 2019, apenas a declaração de todos os herdeiros afirmando que concordam com o saque e que não há outros herdeiros, já serve para realizar o saque do FGTS da pessoa falecida.


Mesmo que haja tal facilidade, pode haver outros problemas, como descobrir outros herdeiros no futuro.


Com isso, será necessário efetuar o pagamento proporcional a esse herdeiro referente aos valores recebidos do FGTS.


Outras razões pelas quais você pode retirar o FGTS:


  • Demissão sem justa causa
  • Rescisão do contrato de trabalho por período fixo
  • Suspensão do trabalho único
  • Rescisão por acordo
  • Fechamento da empresa ou morte do empresário individual
  • Rescisão do contrato por culpa recíproca da empresa e do empregado
  • Rescisão do contrato por força maior
  • Aposentadoria
  • Estado de emergência ou estado de calamidade pública
  • Idade 70 anos ou mais
  • Portador do vírus HIV
  • Câncer - neoplasia maligna
  • Estágio terminal por doença grave
  • Conta sem depósitos por 3 anos ou mais
  • Aquisição de casa própria
  • Pagamento do saldo devedor e financiamento de benefícios de imóveis
  • Morte do trabalhador


Riane Rodríguez

Advogado associado do Escobar Advogados desde 2019. Coordenador do Departamento de Causas Especializadas, com foco em Direito Civil, Do Consumidor e do Trabalho. Graduado pela Universidade Paulista em 2018. Pós-graduado em Direito Civil e Pós-Graduado em Processo Civil pela Faculdade superior de Direito. Pós-graduado em Direito Público pela Faculdade Legale. Graduado em Inglês pela Skill Idiomas em 2019.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem